Milícia cobra taxa de Segurança, TV por assinatura e agora Luz clandestina 0 144

milicia cobra taxas de energia eletrica

A milícia iniciou suas atividades no Rio de Janeiro cobrando uma taxa de segurança, para garantir a “paz” nas comunidades. Depois eles iniciaram o projeto de instalação de sinais de TV por assinatura de forma pirata. Agora a mais nova atividade dos milicianos no Rio de Janeiro é a distribuição de energia clandestina.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

45 mil litros de combustível são apreendidos pela PRF em Seropédica.

Um condomínio que foi construido sem autorização da prefeitura, conta com uma rede de energia elétrica totalmente clandestina. A Light descobriu este caso em Belford Roxo, onde a incidência de gatos nos postes da companhia, está cada vez maior.

O crime organizado no Rio de Janeiro, vem tomando proporções inimagináveis.

Roubo de energia foi denunciado, mas não há o que fazer

Diversos moradores e empresas denunciam o roubo de energia elétrica por todo o Rio de Janeiro, não somente no condomínio da milícia em Belford Roxo. O Ministério Público do Rio, disse que os milicianos também estão roubando energia e cobrando taxas através da Baixada Fluminense e Zona Oeste.

A “taxa de consumo” de energia está inclusa no aluguel de seus empreendimentos imobiliários da região. A Light informou que com esse roubo, deixa de arrecadar cerca de 800 milhões de reais por ano. Eles por conta da violência não conseguem entrar nas comunidades para cortar a energia ou realizar ações preventivas.

Nesta regiões de atuação do tráfico e milícia, cerca de 73% da energia distribuída faz parte do furto.

Traficantes são mais “compreensíveis” que milicianos

A empresa informou que de vez em quando é possível ter autorização para entrar nas comunidades e realizar serviços de manutenção e também até realizar alguns cortes. Mas com a milícia não há qualquer tipo de conversa.

Tudo o que envolve a milícia é em busca de lucros. A luz é lucro, venda de gás é lucro, entrada de apenas uma marca de cerveja é lucro. Essa exclusividade é paga pelos fornecedores aos miliciano.

Em média cada “gato” feito para moradores da região, é cobrada uma taxa de R$ 30.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novembro foi o melhor mês para as indústrias da China 0 83

producao china industria melhora economia novembro 2019

Novembro registrou o maior crescimento nos lucros das indústrias chinesas dos últimos oito meses. A notícia é excelente para a China e também para a economia mundial, já que o país pretende ampliar ainda mais as importações nos próximos meses.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Porém mesmo diante do ritmo acelerado, o país vive uma crise em decorrência da demanda doméstica, oferecendo diversos riscos para os resultados de 2020.

Manifestantes de Hong Kong invadem shoppings nesta quinta-feira.

Indústria chinesa

A área industrial da China vem enfrentando em 2019 uma forte pressão, principalmente pela falta de demanda e também pela guerra comercial instaurada pelos Estados Unidos.

Os dados dos últimos meses na indústria vem sendo animador e há uma boa possibilidade de recuperação no setor, onde o governo vem investindo muito em aceleração de medidas de estímulo e outros benefícios para aquecer a economia.

Até novembro o acumulado geral deste ano de 2019 registrou uma queda de 2,1% no lucro das empresas com relação ao mesmo período de 2018. O número é um pouco melhor do que os 2,9% de queda no acumulado de janeiro a outubro de 2019.

Até o momento a economia chinesa no setor industrial girou 5,61 trilhões de iuanes.

Lucros de novembro

Em novembro os lucros na indústria cresceram cerca de 5,4% em relação ao mês de outubro, que vinha de uma queda de 9,9%. A alta interrompe três meses de queda, fechando o balanço anual até o momento em 84,93 bilhões de dólares.

As ações na produção vem encaminhando para melhora na economia, principalmente nas vendas. Todas as informações foram divulgadas pelo Escritório Nacional de Estatísticas nesta sexta-feira (27/12).

Dezembro deve repetir o bom desempenho, já que é um mês de compras e a produção nacional acaba exportando muito para suprir a demanda mundial.

Granada é lançada contra policiais no Morro do Urubu e operação mata quatro 0 109

apreensao morro do urubu twitter policia militar

Na noite deste sábado (21/12) a polícia realizou uma operação no Morro do Urubu, região localizada em Pilares, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Quatro bandidos foram mortos durante a ocupação, mas um sargento acabou sendo atingido por estilhaços de uma granada na mão esquerda e no maxilar.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O policial ferido durante a operação já recebeu alta.

Durante a operação os policiais acabaram sendo alvejados próximo da Rua Pequi. Eles estavam indo pela mata da região, quando foram recebidos com tiros pelos bandidos da região. Segundo o 3º BPM (Méier), quatro feridos foram localizados, mas mesmo sendo encaminhados para o Hospital Municipal Salgado Filho, acabaram não resistindo aos ferimentos em decorrência da operação.

Essas mortes estão sendo investigadas pela Divisão de Homicídios (DH) do município.

Operação no Morro do Urubu

Durante a operação foram apreendidos três pistolas 9mm, um fuzil calibre 556 e dois rádio transmissores. Neste ano a região viveu um intenso confronto entre os próprios traficantes, onde as facções estavam disputando o comando da região. A “guerra” no local está mais “tranquila” neste fim de ano.

Outro fuzil e uma metralhadora também foram apreendidos na comunidade da Covanca, região de Jacarepaguá. Além disso muita munição, roupas camufladas e três granadas estavam entre as apreensões.

Em 2019 já foram apreendidos 496 fuzis no Rio de Janeiro, segundo a Polícia Militar.

Most Popular Topics

Editor Picks