Morreu nesta quarta-feira (23), o ator Caio Junqueira aos 42 anos, devido aos ferimentos do acidente de carro sofrido no Aterro do Flamengo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. 

A Secretaria de Saúde do Rio confirmou a morte do ator, às cinco horas e quinze minutos da manhã, desta quarta-feira.

Ferimentos agravaram o estado de saúde do ator

Na última quarta-feira (16), Caio estava dirigindo sozinho pela região do Aterro do Flamengo para o Centro da cidade, mas perdeu o controle da direção do veículo, que subiu na calçada, bateu em uma árvore e capotou em seguida.

O ator foi levado ao Hospital Miguel Couto, com duas fraturas expostas e outros ferimentos. Caio seria operado hoje, mas por cautela, a junta médica decidiu não realizar o procedimento. 

Famoso por interpretar o personagem do policial Neto, no filme Tropa de Elite, artistas de todo país lamentaram a morte de Caio Junqueira. A autora Gloria Perez, comentou em sua rede social: Caio Junqueira, meu eterno Quidinho…

O ator Lázaro Ramos escreveu: Siga em paz. Você é gigante. O ator José de Abreu comentou: Luto total. RIP Caio Junqueira. A atriz Leticia Sabatella, prestou as suas condolências: Caio, companheirinho de Memorial do Convento, coração amigo, muito querido!

Meu irmão, muita luz e paz, te amo Caio Junqueira,disse o ator Ângelo Paes Leme. A atriz Alexandra Richter, escreveu: hoje minhas orações vão para a família de Caio Junqueira. Para que eles, principalmente sua mãe, encontrem conforto e força diante dessa dor.

E para que Caio, siga em sua nova caminhada, levando todo o afeto e carinho que recebeu durante esses dias de luta pela vida. A atriz Bianca Rinaldi, também comentou: perco mais um querido companheiro de trabalho e grande amigo. Vou sentir muitas saudades de você.

Carreira de Caio Junqueira

Caio Junqueira iniciou na carreira de ator ainda criança, no seriado Armação Ilimitadaentre 1985 e 1988, atuando ao lado do irmão Jonas Torres, no personagem de Bacana.

– Tamanha Família, personagem Apinajé; Barriga de Aluguel, personagem Tatu; Brava Gente, no personagem de Adroaldo; Aquarela do Brasil, no personagem de Paulo; Um Anjo Caiu do Céu, Adolfo Braga e Nunes;

– O Clone, no personagem de Pedrinho; O Quinto dos Infernos, no personagem de Diogo; Sexo Frágil, como Ricardinha; Um só coração, Oswald de Andrade Filho; A Escrava Isaura, como Geraldo Vilela;

– Quando completou 12 anos, participou do especial Grupo Escolacho em 1988, e depois atuou na minissérie Desejo (1990); 

A obra era baseada em fatos reais, adaptada para o início do século XX, narrando a história de amor que deu fim à vida do Escritor brasileiro, Euclides da Cunha;

– Em 1994, Caio participou de Confissões de Adolescente, e A Viagem, interpretando o personagem Pedro Bala. Na década de 90, o ator fez Engraçadinha (1995), Você Decide (1996); 

– A vida como ela é (1996), A Justiceira (1997); Hilda Furacão (1998), Malhação (1998) e Chiquinha Gonzaga (1999).  

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here