Carta pessoal de Trump é entregue a Kim Jong-un e agrada ao líder coreano 0 100

kim jong un lendo carta donald trump

Após o líder chinês Xi Jinping fazer uma visita oficial à Coreia do Norte na última semana, algo que não acontecia a 14 anos, chegou a vez de Donald Trump tentar manter o diálogo com a nação coreana. Neste domingo, dia 23 de junho, segundo a agência oficial de notícias do próprio país, a KCNA, Kim recebeu uma carta pessoal, feita à punho pelo líder americano.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Em uma das primeiras respostas sobre o conteúdo da carta do presidente dos Estados Unidos, Kim Jong-un relatou que o conteúdo é excelente, mas não deu detalhes sobre as informações.

A TV estatal disse que após o líder coreano ler a carta, se mostrou muito satisfeito com o conteúdo. Ele ainda cita que Trump mostrou uma coragem extraordinária e agradeceu o líder americano por seu julgamento político. A TV ainda relata que Kim deverá analisar minuciosamente o conteúdo interessante da carta e que boas notícias podem surgir nos próximos dias.

Carta de Kim Jong-un

A carta enviada por Trump parece ser a resposta para uma que foi enviada recentemente por Kim, onde um dos motivos era a comemoração do primeiro ano da reunião histórica que EUA e Coreia do Norte tiveram no último dia 12 de junho de 2018.

Apesar do clima agradável, a segunda reunião entre os líderes que aconteceu em Hanói, no último mês de fevereiro, não terminou da maneira que se esperava pois não houveram acordos entre as nações.

Porém após deixar a reunião, Trump declarou que o governo de Kim Jong-un através de Pyongyang está próximo de cumprir as exigências internacionais para a desnuclearização de toda a Coreia do Norte, deixando a península coreana livre deste mal.

Coreia do Sul

Após a divulgação do recebimento da carta e de todas as mensagens positivas, o escritório presidencial sul coreano, avaliou como “excelente” a troca de cartas entre os líderes, principalmente para manter fluindo o diálogo entre as nações, trazendo ótimos benefícios para à península.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trump oficializa nesta terça-feira sua reeleição para 2020 0 73

eleicoes estados unidos 2020 trump

Na noite desta terça-feira, dia 18 de junho de 2019, o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançará oficialmente a sua campanha para a reeleição em 2020. A oficialização irá ocorrer em um comício na cidade de Orlando, Flórida.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A escolha da região foi justamente por ser o “palco” de um estado tradicionalmente republicano, onde há 29 assentos no colégio eleitoral americano. A Flórida foi inclusive uma da regiões decisivas na vitória apertada do republicano em 2016, quando Hillary Clinton estava a frente na questão de votos, mas acabou perdendo na quantidade de assentos que lhe apoiavam.

Comício de reeleição de Trump para 2020

O presidente americano informou que houveram mais de 100 mil pedidos de ingressos para participar do comício na Flórida. Porém o Amway Center, local onde será realizado o seu discurso, só tem capacidade para 20 mil pessoas. Para quem chegar tarde, o presidente prometeu que suas palavras serão televisionadas para fora do ambiente através de telões que estão sendo instalados nesta manhã.

Somente os 20 mil primeiros americanos que chegarem ao local e com o ingresso em mãos, terão acesso a parte interna do Amway Center. As portas serão abertas com quatro horas de antecedência, às 16hs desta tarde, onde o evento está marcado para iniciar às 20hs.

Mas para garantir um lugar privilegiado dentro do Amway, alguns eleitores fanáticos do presidente já estavam acampados próximos da região desde a manhã desta segunda-feira (17/06). Diversos apoiadores armaram suas barracas e estão vestidos com camisetas, bonés e outros acessórios com o slogan de Trump, o “Make America Great Again”.

Chances de reeleição

Apesar do grande evento e do avanço econômico nos Estados Unidos dos últimos anos, ao que indicam as pesquisas, Donald Trump não está com vantagens contra seus adversários.

Hoje segundo uma pesquisa divulgada pelo canal Fox News, há cinco pré candidatos do lado democrata, que estão à frente de Trump. Joe Biden é o que aparece em maior vantagem, chegando a estar com 10 pontos à frente de Trump. Bernie Sanders é o segundo, com 9 pontos de vantagem.

Os outros três que estão com uma pequena vantagem nesta pesquisa, são as senadoras Kamala Harris, da Califórnia, Elizabeth Warren, de Massachusetts e o atual prefeito de South Bend no estado de Indiana, Pete Buttigieg.

Mas este é só o início da corrida presidencial americana de 2020.

Boeing 787 Dreamliner será leiloado para conter a imigração no México 0 102

venda boeing mexicano imigracao

Andrés Manuel López Obrador, atual presidente do México, em um comunicado a imprensa neste último dia 12/06, anunciou que o Boeing 787 Deamliner e outros aviões da frota do governo estarão sendo leiloados nos próximos dias, com a finalidade de angariar fundos para cumprir com o acordo fechado na última semana com os Estados Unidos, sobre o controle de imigração.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O acordo entre o México e os Estados Unidos para intensificar a patrulha na fronteira, aconteceu nesta última sexta-feira (07/06), evitando que Donald Trump elevasse em 5% as tarifas de importação de bens mexicanos. Sob ameaças para conter a imigração vinda da América Central, o México teve que começar a “se mexer” para ao menos demonstrar boa vontade neste assunto de contenção.

Em troca do fim do aumento da taxa de importação, o México se comprometeu a endurecer seus controles imigratórios, incluindo uma mobilização da força de segurança da Guarda Nacional, em uma de suas fronteiras mais ao sul, nos limites com a Guatemala.

Os aviões do governo mexicano

Manuel López disse que o plano sobre imigração será pago com a venda do luxuoso avião presidencial, não comprometendo em nada o orçamento do país e ainda evitando a taxação que geraria bilhões em prejuízos. Os lances iniciais pelo Boeing 787 Dreamliner que era usado pelo ex-presidente Enrique Peña Nieto, serão de US$ 150 milhões.

O avião conta com um interior super espaçoso, luxuosos, com um quarto e com selos oficiais do governo por diversas paredes. A sua venda já estava no radar do atual presidente, que tomou posse em dezembro e acha “desnecessário” desfrutar de tanto luxo.

  • O Boeing foi adquirido no fim de 2012, por um valor de US$ 218 milhões.

Além do Boeing, o governo pretende vender outras 60 aeronaves menores e 70 helicópteros. As vendas irão financiar o programa de imigração e também outras áreas, principalmente que envolvem programas sociais para pobres e idosos.

López Obrador é um presidente que está se recusando a desfrutar dos privilégios das elites no México, inclusive realizando seus voos em aviões comerciais. Ele também reduziu os salários de servidores de alto escalão e está combatendo fortemente a corrupção.

Most Popular Topics

Editor Picks