Mesmo sob recessão, Mauricio Macri tenta a reeleição na Argentina 0 365

mauricio macri reeleicao argentina

Os últimos meses de mandato de Mauricio Macri, atual presidente da Argentina, não estão fáceis. Porém a recessão econômica no país vizinho não impediu o presidente liberal de lançar a sua candidatura para a reeleição neste sábado (22/06).

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Macri tenta algo para reverter a situação econômica do país em meio a uma das maiores crises dos últimos tempos. Seu adversário será Alberto Férnandez, que ao lado da ex-presidente Cristina Kirchner, está liderando a chapa peronista.

Mais distante da ponta está o centrista Roberto Lavagna, que promete um cenário mais polarizado entre o kichnerismo e o macrismo.

Argentina afunda na crise

As eleições presidenciais irão acontecer diante de uma forte recessão que se iniciou em 2018, onde 32% da população se encontra em situação de pobreza. A inflação já acumula mais de 60%, somando 2018 com os cinco primeiros meses de 2019. Outra situação grave é com relação ao desemprego, que já atinge 10,1% da população.

Milhares de argentinos estão caindo para a situação de pobreza, onde a falta de trabalho e a inflação sobre produtos básicos como o pão, leite e carne, está complicando as coisas por lá.O transporte na região, a água, o gás e a energia elétrica já somam um aumento de 1000% nos últimos meses.

Mesmo o empréstimo obtido através do FMI de US$ 56 bilhões não foi o suficiente para alavancar a economia no país.

Popularidade de Macri

É claro que toda essa crise vivenciada no país está afetando a popularidade de Macri. Mas ela não foi o suficiente para tirá-lo do topo em uma corrida presidencial. Por isso, o atual presidente já confiante de uma reeleição, acabou dando início às suas comitivas para permanecer por mais 4 anos à frente do país.

Com o empréstimo do FMI, a sua popularidade caiu ainda mais. Macri tem este ano de 2019 para conseguir o equilíbrio fiscal para a Argentina e deixar o país com as contas no verde em 2020. Pelo menos esta foi a promessa mediante o empréstimo.

Nas últimas pesquisas, Macri conta com menos de 30% das intenções de voto. Ele pede um voto de confiança, para evitar que o país volte para o período também difícil vivido no governo Kirchner.

Macri contará com o apoio da coalizão da Proposta Republicana (PRO) e da União Cívica Radical (UCR), dos quais deverão ajuda-lo a bater de frente com Fernández.

Principal adversário de Macri na corrida presidencial

A promessa de campanha de seu principal adversário é tornar a Argentina novamente “habitável”. Alberto Fernández, que contará com Cristina Kirchner na chapa e grande parte do centro e da esquerda argentina, está com mais de 30% nas últimas pesquisas.

Fernández promete uma “mobilidade social ascendente” e um cenário completamente diferente da atual crise econômica no país.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eleições 2020 terão regras diferentes dos últimos anos 0 115

eleicoes 2020 novas regras

Algumas regras serão alteradas para as eleições municipais de 2020. Confira neste artigo quais serão as principais mudanças.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

As eleições 2020 serão realizadas em um único mês. O primeiro turno acontece no dia 04 de outubro e o segundo turno, se for necessário, será realizado no dia 25 do mesmo mês. Nestas eleições serão escolhidos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Os partidos dever registrar os candidatos com seis meses de antecedência, ou seja, até 04 de abril de 2020. O registro é feito no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

As coligações irão continuar, mas será proibida coligações para eleições proporcionais de vereadores. Até a última eleição, todos os votos dados aos partidos da aliança faziam parte do cálculo na distribuição dos cargos.

Todos os partidos deverão reservar pelo menos 30% das vagas para mulheres e fica proibido as famosas candidaturas avulsas, mesmo quando há ligação a algum partido.

Um vereador precisa ter no mínimo 18 anos para disputar o cargo. Já para prefeito é preciso ter no mínimo 21 anos.

Remuneração do UBER, 99, Cabify e outros deve ser de 10% segundo projeto de Lei.

Gastos com a campanha

Os limites de gastos serão iguais aos de 2016, sendo corrigidos pela inflação. Essa medida foi aprovada recentemente. Só será permitido o autofinanciamento de uma candidatura com no máximo 10% do limite.

Com relação as doações apenas pessoas físicas podem fazer doações nas campanhas. E as doações não podem ultrapassar 10% de seus rendimentos no ano que antecedeu o ano das eleições, no caso 2019.

Através de vaquinha eletrônica será possível fazer uma arrecadação de recursos, mas somente após o dia 15 de maio de 2020. O dinheiro só será liberado se for aprovado e houver o registro da candidatura.

Propagandas eleitorais

Todas as propagandas eleitorais estarão permitidas a partir do dia 15 de agosto de 2020. Mas não serão aceitas publicidades que peçam voto explicitamente. Não é considerado uma propaganda eleitoral, o anúncio de pré candidatura ou o anúncio de qualidades pessoais do candidato, e estas duas opções poderão ser feitas antes do dia 15.

Na rádio e televisão as propagandas eleitorais só poderão ser feitas durante os 35 dias que antecedem as eleições. Esta é a propaganda gratuita.

Não será aceito propagandas eleitorais fantasiosas e repletas de efeitos especiais, apenas o candidato falando pelo tempo determinado para cada partido e expondo o seu número.

As propagandas na imprensa poderão ser feitas a partir do dia 15 de agosto. Elas podem acontecer até dois dias antes das eleições. O candidato poderá investir em divulgações.

Na rua os candidatos ficam proibidos de fazer publicidade em outdoors (normais e eletrônicos). Na rua é proibido fazer propagandas de qualquer natureza em locais como clubes, cinemas, centros comerciais, templos, estádios e ginásio, mesmo que faça parte de uma propriedade privada.

Não é permitido propagandas de rua em postes de iluminação, semáforos, viadutos, pontes, passarelas, pontos de ônibus, muros, cercas e árvores da via pública.

Eleições 2020 na internet

Os candidatos poderão fazer campanha através de sites, redes sociais e blogs. Será possível também contratar impulsionamento de conteúdo para que haja um alcance maior nestas redes. Porém o impulsionamento fica vetado por pessoas físicas, apenas por partidos e candidatos em nome próprio.

Será considerado crime a contratação de pessoas e/ou grupos para incitar ódio e denegrir a imagem de candidatos, partidos e coligações.

Todas as regras estão disponíveis para consulta através do site do TSE!

Coreia do Norte faz teste com míssil lançado de submarino e atinge mar do Japão 0 143

misseis coreia do norte lancado submarino contra japao

Nesta quarta-feira (02/10) o governo do Japão informou que a Coreia do Norte realizou testes com dois mísseis na costa, atingindo águas internacionais muito próximas ao país.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Os projéteis de curto alcance marcam o sétimo lançamento desde que os testes do regime de Kim Jong-un foram retomados a partir de julho, mesmo com os avanços propagados pelos Estados Unidos.

A agência sul coreana Yonhap informou que os mísseis voaram por cerca de 910 quilômetros de altura, a uma distância de 450 quilômetros desde o seu local de lançamento. Acredita-se que os mísseis foram disparados de submarinos e são de categoria 1 SLBM. As informações vieram a partir do comando das forças armadas da Coreia do Sul (JCS).

Coreia do Norte alerta EUA sobre navio de Pyongyang apreendido, durante conferência da ONU.

Alcance cada vez maior

Os testes da Coreia do Norte estão indo cada vez mais longe. Se for confirmada as informações de distância, estes foram os mísseis com maior autonomia desde o recorde alcançado no último mês de novembro de 2018.

O Japão informou através da Guarda Costeira que embarcações fiquem atentas e que não se aproximem dos destroços encontrados no mar. Segundo informações os testes caíram no mar e não há qualquer relato de danos a embarcações e aviões na região.

Os novos lançamentos da Coreia do Norte foram disparados em direção ao Mar do Leste, que é conhecido na região como o “Mar do Japão”. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, condenou os lançamentos, pois os testes violam as resoluções da ONU.

Os testes da Coreia do Norte acabam sendo sempre provocativos, pois não é a primeira vez que os projéteis atingem o espaço japonês.

Estados Unidos

Os responsáveis pelas forças armadas americanas informaram que já estão em contato com seus aliados na região, tanto com o Japão como com a Coreia do Sul. Mas não foi informado qualquer “represália” contra a situação.

Most Popular Topics

Editor Picks