Skip to content

Mais de 50 mil italianos são evacuados após bomba da 2ª Guerra ser desenterrada

16 de dezembro de 2019

Uma cidade localizada no sul da Itália foi praticamente esvaziada neste final de semana. O motivo? Uma bomba britânica da 2ª Guerra Mundial foi descoberta em novembro e a operação de desativação aconteceu neste fim de semana.

Mais de 50 mil moradores de Brindisi, Itália, foram retirados de suas casas, sendo o maior deslocamento de pessoas no país desde o fim da Segunda Guerra em 1945.

A bomba de origem inglesa, pesa mais de 200kg, tem um metro de comprimento e carrega cerca de 40 quilos de dinamite. Ela foi encontrada durante uma reforma de um cinema na região. Estava soterrada.

Operação para desativar a bomba

Um raio de 1500m ao redor de onde estava a bomba foi esvaziado. O gás foi cortado e foram mobilizados 1250 pessoas para ajudar na operação. Mil eram membros das forças de segurança da Itália e outras 250 eram voluntárias, que ajudaram principalmente na evacuação da cidade.

A responsável pela desativação da bomba foi o Exército italiano. Ao removê-la, ela foi levada para um local isolado na região, onde foi detonada.

A agência de notícias italiana informou que cerca de 60% da população local foi afetada. No sábado foi iniciado a transferência dos 217 presos da cidade para uma cidade vizinha, Lecce, que fica a 38 quilômetros da região. Dois hospitais também foram esvaziados, estradas foram bloqueadas e o aeroporto e a ferroviária de Brindisi foram fechados.

Além disso, para evitar que as casas vazias fossem assaltadas, diversos policiais estavam nas ruas e cinco drones ajudaram no patrulhamento.

No fim tudo ocorreu bem.

Bombas na Europa

Principal palco da Segunda Guerra Mundial, encontrar bombas deste período soterradas é algo até considerado “comum” na região.

Antes desta em Brindisi, três bombas foram descobertas em Roma, próximo ao aeroporto de Ciampino. O aeroporto teve que ser fechado, para que os militares pudessem desativá-las. Elas estavam bem próximas a pista principal e foram descobertas durante uma reforma.

Restos mortais do Hércules C-130 são encontrados.