Primeira Ministra do Reino Unido é pressionada para estabelecer data de sua saída do governo 0 257

primeira ministra do reino unido theresa may

A primeira ministra do Reino Unido, Theresa May, estará sob nova pressão de altos membros de seu Partido Conservador na quinta-feira para estabelecer um cronograma claro para a sua saída do governo.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Leia também:35 corpos encontrados enterrados ao redor da cidade de Guadalara, no México.

Os contratempos do Brexit

primeira ministra do reino unido theresa may

O acordo do Brexit de maio foi rejeitado três vezes pelo parlamento e semanas de negociações com o Partido Trabalhista da oposição, cuja idéia era profundamente impopular entre muitos conservadores, não conseguiram encontrar um consenso sobre o caminho a seguir.

Leia também:Damares Alves diz não para boato sobre saída do governo.

Atolados no impasse do Brexit e forçados a adiar a saída da Grã-Bretanha em 29 de março da UE, os conservadores sofreram grandes perdas nas eleições locais este mês e estão perdendo nas pesquisas de opinião antes das eleições de 23 de maio.

A saída da primeira ministra do Reino Unido

A primeira ministra do Reino Unido planeja colocar seu acordo em uma quarta votação no Parlamento no início de junho. Apesar de ela ter prometido deixar o cargo depois que seu acordo for aprovado pelos legisladores, muitos de seu partido querem que ela deixe claro quando sairá, se não for.

“Agora ja é tempo para a primeira ministra do Reino Unido aceitar que o jogo acabou. Sua liderança falhou e sua autoridade foi abatida ”, escreveu Nick Timothy, seu ex-chefe de gabinete, no jornal Daily Telegraph.

“Todos os dias desperdiçados tornam a vida mais difícil para quem leva a Grã-Bretanha para o futuro. Precisamos acabar com essa humilhação nacional, entregar o Brexit e salvar os conservadores. A primeira-ministra, lamento dizer, deve cumprir seu dever e ficar de lado”.

A primeira ministra do Reino Unido deve se encontrar com o executivo do influente comitê de 1922 do partido em torno de 1030 GMT na quinta-feira. O comitê exigiu que ela estabelecesse um cronograma claro para sua saída caso seu acordo fosse rejeitado novamente.

Se ela se recusar, alguns querem mudar as regras quando ela pode ser expulsa. Maio sobreviveu a um voto de desconfiança em dezembro, e sob as regras atuais do partido não pode ser desafiado novamente por um ano.

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Último parente vivo de Hitler é preso por pedofilia 0 149

romano lukas hitler preso pedofilia

O último parente vivo de Adolf Hitler, pelo menos é o que diz Romano Lukas Hitler, foi preso por pedofilia nesta quinta-feira (05/09), após beijar uma adolescente de 13 anos. Ele que mora na cidade de Goerlitz na Alemanha, tem 69 anos.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Tudo começou quando Romano Lukas foi até uma residência onde o dono era responsável por vender objetos usados. Mas Lukas não tinha interesse nos objetos, apenas na filha do trabalhador.

O beijo foi dado nas bochechas e no pescoço da garota, após alguns dias levando doces, roupas e outros presentes até a sua casa. Segundo o pai, Piotr, Lukas Hitler chegou a levar flores de plástico e pedir a moça em casamento. Logo após os beijos ele foi denunciado à polícia por pedofilia.

Durante seu depoimento no tribunal, o parente de Hitler se defendeu dizendo que era um beijo inofensivo e que este era um costume alemão de “boas vindas”. Mas o juiz responsável pelo caso não levou em consideração e condenou o réu. Ele teve que pagar uma multa de 800 euros e está em liberdade.

O juiz decidiu que ele não poderá também se aproximar da adolescente.

Último parente vivo do nazista Hitler

Romano Lukas de Goerlitz, diz que o pai de Adolf Hitler, Alois, teve um irmão mais novo, onde o seu neto acabou migrando para a Eslováquia após o fim da Segunda Guerra Mundial. Esse neto é o seu pai, que veio a falecer e Lukas foi encaminhado para um monastério e depois adotado por uma família polonesa.

O alemão Hitler diz não se incomodar com o sobrenome, onde o mesmo se encontra na sua carteira de identidade, cartões de crédito e até no passaporte. Sua maior dificuldade com isso é na hora de procurar emprego, pois acaba gerando um certo “temor”. Mas ele diz que esta é uma “cruz que precisa carregar”.

Estado Islâmico ataca e faz 63 vítimas fatais em casamento 0 142

Estado Islâmico ataca e faz 63 vítimas fatais em casamento 3

Um terrível ataque terrorista em uma festa de casamento em Cabul, no Afeganistão, foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico. A tempos não era noticiado um ataque tão expressivo por parte destes terroristas.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O ataque suicida matou 63 pessoas e deixou cerca de 180 feridos, onde entre as vítimas estão crianças e mulheres.

O ataque aconteceu na noite deste sábado (17/08), por volta das 23h no horário local afegão. Neste momento um homem bomba do grupo terrorista acionou um cinturão de explosivos, bem ao meio do salão de festas localizado em um bairro de minoria xiita na capital.

Durante o ataque os convidados dançavam e estavam festejando o casamento. Testemunhas disseram que havia mais de mil convidados na cerimônia.

Criança de 10 anos morre após ataque na Bahia.

Ataque suicida

A região vem sofrendo diversos ataques do Estado Islâmico nos últimos anos, onde já foram destruídas mesquitas, centros educacionais e outros locais com aglomerações xiitas. A guerra é por conta que o EI é sunita.

Uma festa de casamento no Afeganistão é um evento que sempre reúne centenas e milhares de convidados em enormes salões; Nestes salões os homens ficam separados de mulheres e crianças.

ataque terrorista afeganistao festa casamento

Ainda nesta semana outro ataque acabou matando Ahmadullah Azkhundzada, irmão do líder talibã afegão Haibatullah Akhundzada. Ele foi morto durante uma explosão na mesquita de Baluchistão, região sudoeste do Paquistão.

Estados Unidos e Afeganistão tentam acordo

O ataque suicida na região acontece bem em um momento onde os Estados Unidos tentam fechar um acordo com talibãs, outro grupo revolucionário que conta com diversos membros na região. Esse acordo visa reduzir em uma grande escala a presença de tropas americanas no país, algo que até o momento tem mantido a “ordem” na região.

Os americanos exigem que os insurgentes respeitem a ordem de cessar fogo, acabem com seus laços com a Al-Qaeda e que façam negociações com o governo de Cabul, para que a paz possa reinar na região.

Donald Trump quer muito um acordo na região pois deseja que cada vez menos tropas fiquem no Afeganistão. Até hoje já foram gastos mais de um trilhão de dólares em operações militares e trabalhos de reconstrução, sem contar o número de soldados americanos perdidos em batalha com grupos terrorista.

Estados Unidos congela bens de Nicolas Maduro.

Most Popular Topics

Editor Picks