Polícia francesa reprime manifestações no Dia da Bastilha 0 224

Polícia francesa reprime manifestações no Dia da Bastilha 2

A polícia francesa disparou gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes da avenida Champs Elysees no domingo, algumas horas depois de o presidente Emmanuel Macron ter presidido a parada militar do Dia da Bastilha junto com outros líderes europeus.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Os protestos no Dia da Bastilha

A avenida no centro de Paris foi reaberta ao tráfego assim que o desfile terminou, mas algumas centenas de manifestantes do movimento “coletes amarelos” tentaram ocupá-la.

A televisão francesa da BFM mostrou imagens de policiais jogando gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes, alguns encapuzados, que tentavam bloquear a estrada com barricadas de metal, latas de lixo e outros destroços.

Vários golpes altos foram ouvidos. Os manifestantes jogaram objetos na polícia, vaiaram e atearam fogo a uma lixeira.

Mais cedo, uma fonte da polícia e da justiça francesa disse que cerca de 152 manifestantes dos “coletes amarelos” e seus líderes foram presos perto dos Champs-Elysées enquanto tentavam organizar um protesto.

Dia da Bastilha

A Tomada da Bastilha (em francês: Prise de la Bastille), também conhecida como Queda da Bastilha, foi um evento central da Revolução Francesa, ocorrido em 14 de julho de 1789. Embora a Bastilha, fortaleza medieval utilizada como prisão, contivesse apenas sete prisioneiros na época, sua queda é tida como um dos símbolos daquela revolução, e tornou-se um ícone da República Francesa.

Na França, o quatorze juillet (14 de julho) é um feriado nacional, conhecido formalmente como Festa da Federação, conhecido também como Dia da Bastilha em outros idiomas. O evento provocou uma onda de reações em toda a França, assim como no resto da Europa, que se estendeu até a distante Rússia Imperial.

Fonte:Reuters Latin America

 

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fundações chinesas se propõe a doarem suprimentos médicos à América Latina 0 63

fundacoes chinesas Jack ma e alibaba doam suprimentos para america latina combater coronavirus

A América Latina é um dos principais consumidores de produtos chineses e a pandemia de coronavírus não faz bem para nenhuma economia. Em meio ao caos global que foi instaurado, muitos estão unindo forças para ajudar no combate do Covid-19, para que em breve tudo possa estar como em novembro de 2019.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

E entre essas ações conjuntas para disseminar o vírus, fundações chinesas se propuseram a partir desta terça-feira (24/03) ajudar países latino americanos em sua batalha. Entre elas está a Fundação Jack Ma e a Fundação Alibaba.

Ambas gigantes do varejo chinês, com forte mercado nas Américas, estão preparando cargas de suprimentos médicos para doarem à 24 países da América Latina.

Empresas brasileiras que anunciaram a paralisação por conta do COVID-19.

Doação de suprimentos da Alibaba e Jack Ma

Para ajudar no combate à propagação do coronavírus, ambas as fundações estão doando dois milhões de máscaras, 104 respiradores e 400 mil kits de teste. Entre os países beneficiados estará o Brasil, Argentina, Chile, Equador, Cuba, Peru e República Dominicana.

Através da conta no Twitter a Jack Ma informou que estarão enviando os suprimentos o mais breve possível e de forma apressada. Ela termina enfatizando “SOMOS UM”.

China

A China que vinha de um momento onde a propagação do vírus estava estabilizada, está com medo de uma nova crise local. Nesta última segunda-feira (23/03) o número de casos do coronavírus chegou a dobrar em relação ao domingo.

Entre os casos locais foram apenas 4, mas em toda a China o número de casos importados chegaram a 427.

Confeiteiro cria bolo de papel higiênico para ironizar obsessão em surto 0 85

bolo de papel higienico covid19

Não tem como saber o porque o papel higiênico se tornou um item tão indispensável durante este surto de coronavírus pelo mundo, onde muitos estão preferindo lotar os carrinhos com papel do que com comida. O certo é que em muitos países, este item praticamente sumiu das prateleiras, causando pânico nas nações.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Muitos resolveram, apesar da seriedade desta pandemia, ironizar os desesperados por papel higiênico, onde entre eles está o confeiteiro britânico, Ben Cullen de 29 anos.

Ele fez uma publicação bem curiosa em seu Instagram, onde criou um bolo/torta em formato de papel higiênico, com o intuito de transformá-lo em uma crítica social.

Praias de Miami e Fort Lauderdale serão fechadas por causa do coronavírus.

Seus 155 mil seguidores ficaram admirados com a publicação e há muitos comentários positivos sobre a obra.

bolo de papel higienico coronavirus

Alguns de seus seguidores comentaram:

  • ‘Isso me fez rir tanto 😂😂😂 Suas habilidades estão fora deste mundo!”
  • “Omg que parecia tão real. Você é demais!
  • Uau, você é inacreditável

E muitos outros.

bolo de papel higienico humor

Publicação

Além de preparar o bolo de papel higiênico, o confeiteiro de Chewster na Inglaterra, legendou a foto da seguinte maneira:

“All Hail 🙌🏻😂
——————————————————-———————————————————-
Swipe for cutting!
If everyone took this pandemic as seriously as we apparently take toilet roll we’ve got half a chance! Look out for yourselves, your families and anyone vulnerable you can help!
#toiletpaper #cake #corona”

“Saudação a todos 🙌🏻😂
————————————————-—————————————————
Deslize para cortar!
Se todos levarem essa pandemia tão a sério quanto aparentemente levamos papel higiênico, temos meia chance! Cuidado com vocês, suas famílias e qualquer pessoa vulnerável que você possa ajudar! toiletpaper #cake #corona”

Para quem quiser acompanhar mais de seu trabalho, sua arroba é @the_bakeking.

Most Popular Topics

Editor Picks