Taxa de corretagem em seguros poderá ser extinta e deixar preço mais acessível 0 109

taxa de corretagem sera mais transparente nos seguros

A taxa de corretagem é um dos valores que mais encarece o preço dos seguros no Brasil. Elas normalmente não são tão transparentes nos contratos e aparecem “embutidas” nas letrinhas minúsculas, o que acaba pegando muitos consumidores de surpresa.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Existem diversas porcentagens destas taxas, onde elas acabam variando conforme o tipo de seguro, mas em alguns casos ela chega representar até 59% do valor total do contrato. Essa porcentagem faz parte de um estudo realizado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), responsável pela fiscalização dos mercados de seguro, capitalização, resseguro e também de previdência privada aberta.

Em seguros patrimoniais a grande maioria dos disponíveis no mercado contam com uma taxa de 30%. Já nos micro-seguros a taxa pode chegar em até 39%.

Auditores fiscais do trabalho conseguem reaver R$ 6,31 bilhões do FGTS!

Mudanças na taxa de corretagem

A partir de agora esta taxa de corretagem deverá ser apresentada de forma mais transparente nos contratos. Os valores embutidos em uma apólice deverá ser informado da maneira mais clara possível, onde como consequência haverá um estímulo entre as seguradoras para baixar os preços.

Todas as comissões cobradas em contratações de seguros no Brasil estão muito acima de países desenvolvidos e também de outros países na própria América. Os EUA por exemplo, os valores da taxa chegam em no máximo 3,6%. No Chile essa porcentagem chega em 7,8%. Uma diferença bem grande com relação ao Brasil não é mesmo?

O cliente deverá prestar atenção nos valores das comissões durante a contratação dos seguros, assim como acontece em outras áreas, onde todos os valores são descritos de maneira bem clara e objetiva.

Ministério da Economia

O governo quer cortar taxas para o consumidor e os seguros devem fazer parte destas mudanças. Mas para que a SUSEP conclua essa transparência na taxa de corretagem, ainda será necessário a aprovação do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), que é ligado ao Ministério da Economia.

As normativas poderão ser aprovadas na próxima reunião, que está prevista para março e as novas regras já devem estar no mercado até junho de 2020.

Segundo o governo, a novidade além de mais transparência, a concorrência entre os corretores será ainda maior. Desde novembro o órgão não vem credenciando novos corretores, onde está ocorrendo a “Autorregulação do Mercado”.

Com o fim do credenciamento, outras instituições de ensino poderão formar corretores e definir quem pode ou não atuar no mercado. Até então era preciso se formar na Escola Nacional de Seguros e pedir a licença na SUSEP.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atividades do Tesouro Municipal no Rio é Bloqueada e servidores ficam sem 13º 0 186

crivella e a crise do rio de janeiro

A situação não é das melhores nos cofres públicos da prefeitura do Rio de Janeiro. As contas estão se acumulando dia após dia, o que levou o secretário municipal de Fazenda, Cesar Barbiero, a publicar uma resolução onde todos os pagamentos e movimentações financeiras do Rio estão suspensos.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Todas as operações da Subsecretaria do Tesouro estão suspensas deste às 14h desta última segunda-feira (16/12). A prefeitura se manifestou e disse que esta medida irá proporcionar ajustes nos caixas do município em decorrência dos arrestos definidos pela Justiça.

Já foram mais de 92 milhões de reais bloqueados em uma ação trabalhista que tem a finalidade de pagar as dívidas de salários dos funcionários das Organizações Sociais da Saúde. Segundo a prefeitura, este bloqueio é temporário e pode ser revertido assim que uma solução for definida.

Lava Jato liga família de Lula à apartamento de luxo proveniente de contratos da OI.

Pagamentos em atraso

Desde outubro os servidores não recebem seus salários. Outro problema está relacionado ao pagamento do 13º salário, que também não será pago até o dia 20 de dezembro.

O Tribunal expediu um mandado para o Banco do Brasil, onde ele deverá repassar R$ 76,8 milhões para os funcionários com salário em atraso. Todos estes recursos bloqueados são decorrentes do tesouro e também de multas de trânsito.

O total acumulado dos arrestos definidos pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) deve chegar somente aos órgãos municipais em R$ 95 milhões. Sendo R$ 25 milhões da Procuradoria Geral do Município, R$ 20 milhões do Tribunal de Contas do Município e outros R$ 50 milhões da Câmara do Rio.

Os recursos estão sendo reivindicados pelos órgãos municipais, pois segundo eles, precisam para que possam dar continuidade nos serviços.

Reunião nesta terça-feira

Nesta terça (17/12), houve uma reunião e Crivella acabou definindo que não irá pagar o 13º aos servidores.

A Justiça também determinou o arresto de R$ 420 milhões da prefeitura, onde o número já chega em R$ 223 milhões. Como a quantia não cobre as dívidas das unidades de saúde do Rio, um novo bloqueio foi definido nesta terça. Mais R$ 164 milhões foram bloqueados.

Nascidos em Dezembro podem sacar o abono do PIS a partir desta terça 0 242

pagamento pis nascidos em dezembro

A partir desta terça-feira (10/12) todos os trabalhadores da iniciativa privada que nasceram em dezembro e que possuem conta-corrente ou poupança na Caixa Econômica Federal, poderão desfrutar do abono salarial do PIS. O pagamento será feito de forma automática na conta do beneficiário.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Já quem não possui conta na Caixa, mas nasceu em dezembro e tem direito ao PIS, poderá fazer o saque a partir da próxima quinta-feira (12/12).

Servidores públicos que recebem o abono do Pasep por outro lado, mesmo que nascidos em dezembro, devem receber seus valores através do Banco do Brasil, somente em janeiro de 2020.

Prêmio da Mega Sena pode ficar limitado em 2020.

Direito do PIS

Para poder receber até R$ 998 (um salário mínimo), será necessário ter registro com carteira assinada, por um período mínimo de cinco anos. Para receber este ano, é preciso também ter trabalhado por pelo menos 30 dias em 2018, onde o pagamento será proporcional ao número de meses trabalhados. Só irá receber o abono do PIS cheio, se tiver trabalhado os 12 meses em 2018.

Se você trabalhou, por exemplo, apenas dois meses com registro em 2018, seu direito será R$ 166,33. Basta dividir R$ 998 por 12 e multiplicar pelo número de meses trabalhados.

Consultando o direito ao PIS

Para saber se você tem direito ao saque do abono do PIS, é possível ter acesso as informações através do aplicativo Caixa Trabalhador, pelo telefone 0800-726-0207 ou no site www.caixa.gov.br/PIS. Em todos os casos esteja com o número do PIS em mãos.

Calendário de pagamento do PIS a partir de Dezembro

  • Nascidos em Dezembro = Correntistas a partir do dia 10/12/2019 e não correntista a partir do dia 12/12/2019;
  • Nascidos em Janeiro e Fevereiro = Correntistas a partir do dia 14/01/2020 e não correntista a partir do dia 16/01/2020;
  • Nascidos em Março e Abril = Correntistas a partir do dia 11/02/2020 e não correntista a partir do dia 13/01/2020;
  • Nascidos em Maio e Junho = Correntistas a partir do dia 17/03/2020 e não correntista a partir do dia 19/03/2020.

Most Popular Topics

Editor Picks