O youtuber e empresário Felipe Neto foi uma das pessoas que tentou auxiliar Sabrina Bittencourt antes dela ter cometido suicídio. Aliás, ela desabafou com ele do ato e ele inclusive postou o triste desabafo dela.

Mas recentemente, além disso, Felipe Neto postou que Sabrina logrou sucesso em conseguir fazer as denúncias contra os abusos de João de Deus, proteger as vítimas e fazer com que ele fosse preso.

Contudo, ele também fez uma espécie de declaração/denúncia, afirmando que pessoas ligadas a João de Deus já está elaborando mil e uma tramas para tentar destruir a imagem de Sabrina.

Ele escreveu o seguinte:

“Sabrina Bittencourt organizou as denúncias de estupro e assédio contra João de Deus e expôs sua rede de tráfico de bebês. Protegeu testemunhas de assassinos e precisou rodar o mundo clandestinamente para se proteger das ameaças. Ela conseguiu, João de Deus foi preso, hoje seu filho também foi preso, mas sua quadrilha inteira ainda está solta.

Capangas do João de Deus já estão orquestrando um ataque p/ destruir a imagem de Sabrina, espalhando que era viciada em drogas e “esquerdista” e q por isso queria destruir um homem de Deus. A campanha já começou, até dizer q ela não morreu, estão dizendo. Tomem cuidado com esses bandidos.”

View this post on Instagram

Sabrina Bittencourt organizou as denúncias de estupro e assédio contra João de Deus e expôs sua rede de tráfico de bebês. Protegeu testemunhas de assassinos e precisou rodar o mundo clandestinamente para se proteger das ameaças. Ela conseguiu, João de Deus foi preso, hoje seu filho também foi preso, mas sua quadrilha inteira ainda está solta. Capangas do João de Deus já estão orquestrando um ataque p/ destruir a imagem de Sabrina, espalhando que era viciada em drogas e “esquerdista” e q por isso queria destruir um homem de Deus. A campanha já começou, até dizer q ela não morreu, estão dizendo. Tomem cuidado com esses bandidos. Sabrina morreu LUTANDO, o que significa que viverá para sempre!

A post shared by Felipe Neto (@felipeneto) on

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here