cartao transporte cabeledo

Até esta quarta-feira, dia 14, apenas 511, dos quase cinco mil estudantes do ensino fundamental, médio ou superior que residem no município de Cabedelo, mas estudam em João Pessoa e utilizam os ônibus da Reunidas, se apresentaram para fazer a revalidação de seus cartões transporte.

O prazo final para efetuar o recadastramento do cartão de bilhetagem eletrônico, utilizado no sistema de transporte intermunicipal do município, é o próximo dia 30 de julho.

O processo é gratuito e obrigatório. O estudante que não revalidar seu cartão não poderá usufruir do desconto de 50% na passagem de ônibus de Cabedelo, a partir do dia 1º de agosto.

Para realizar o recadastramento, basta que o estudante apresente o documento de vínculo escolar do ano letivo de 2004, a carteira estudantil e o cartão transporte.

O processo pode ser feito tanto na sede da Reunidas, no bairro de Água Fria, em frente ao viaduto Cristo Redentor, no horário das 8 ao meio-dia e das 14h às 18 horas ou, ainda, no guichê da empresa, no Terminal Rodoviário da Capital, das 8h30 às 16 horas, sem intervalo para almoço. O recadastramento do cartão transporte para estudantes acontece duas vezes ao ano. A primeira delas é realizada no mês de janeiro. A segunda é feita no mês de julho.

O recadastramento é necessário, pois é a partir dele que se tem a segurança de que o direito ao abatimento de 50% nas passagens está sendo utilizado por estudantes.

“O recadastramento beneficia a grande maioria das pessoas que utilizam os ônibus em seus deslocamentos, pois quanto maior for o número de abatimento, mais cara fica a tarifa. Por isso que, quando uma pessoa utiliza o beneficio sem ser estudante, prejudica todo o sistema”, destaca Alberto Pereira, diretor da Reunidas. Com o recadastramento, complementa o empresário, nós temos a certeza de quem está usufruindo do desconto é mesmo o estudante.

De acordo com Ivanildo Souza da Silva Júnior, responsável pelo setor de bilhetagem eletrônica da Reunidas, o estudante que não revalidar seu cartão transporte ficará prejudicado, pois não poderá utilizá-lo nos ônibus de Cabedelo, a partir do dia 1º de agosto.

“Como o sistema utilizado pela empresa é de bilhetagem eletrônica, os cartões inteligentes fazem uma leitura da categoria, depois da validade e, por fim, dos créditos disponíveis. Se algo estiver errado, como a não atualização dos dados do estudante, a catraca do veículo não é liberada”, explica.’

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here