Decisão da Justiça reduz multa do Facebook por reter mensagens do WhatsApp para investigação 0 133

Decisão da Justiça reduz multa do Facebook por reter mensagens do WhatsApp para investigação 1

A multa do Facebook por reter as mensagens do WhatsApp de uma investigação de tráfico de drogas no Brasil deve ser reduzida para 23 milhões de reais (US $ 6 milhões), decidiu um tribunal de apelação federal brasileiro na terça-feira.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A decisão sobre a multa do Facebook

A decisão anulou uma multa de cerca de 2,035 bilhões de reais (528 milhões de dólares) imposta em junho de 2017, considerada desproporcional pelo tribunal.

Em comunicado à Reuters, um porta-voz do WhatsApp elogiou a decisão do tribunal de apelações. “Preocupamo-nos profundamente com a privacidade de nossos usuários e agradecemos que a corte do Paraná tenha afirmado a importância e a legalidade da criptografia de ponta a ponta no Brasil. Essa importante decisão ajudará a salvaguardar os direitos das pessoas no Brasil de ter conversas online e seguras ”.

A maior rede social do mundo tem lutado com problemas legais no Brasil nos últimos anos.

Em 2016, um executivo sênior do Facebook foi mantido em uma prisão brasileira por quase 24 horas no que a empresa considerou “uma medida extrema e desproporcional” resultante de uma disputa sobre a demanda de um tribunal para fornecer dados de seu serviço WhatsApp.

O aplicativo de mensagens também se tornou a linha de frente da amarga corrida presidencial no ano passado, depois que o jornal Folha de S.Paulo informou que os defensores do candidato de extrema direita e eventual vencedor Jair Bolsonaro haviam financiado ataques em massa contra o rival Fernando Haddad.

Poucos dias antes da eleição, o Facebook removeu dezenas de páginas e contas associadas a um grupo de marketing brasileiro, por violar as políticas falsas e falsas da rede de mídia social.

O WhatsApp tem mais de 120 milhões de usuários no Brasil, um país de quase 210 milhões de pessoas, rivalizando com o alcance da principal plataforma do Facebook em um dos maiores mercados globais da empresa.

O serviço de mensagens tornou-se uma das principais formas pelas quais os brasileiros mantêm contato com amigos, colegas e familiares, além de ser um canal importante para obter informações políticas.

Fonte:Reuters

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Localização de usuários do Facebook é monitorada mesmo estando desligada 0 92

facebook compartilha localizacao mesmo com gps desativado

Nesta terça-feira (17/12) o Facebook teve uma informação vazada que está deixando os usuários e governo preocupado. A empresa admitiu que faz o monitoramento de localização de seus usuários, mesmo com a função do GPS (Geolocalização) estando desativada. O motivo? Questões de segurança e publicidade.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Em uma carta deste mês de dezembro enviada ao senador Chris Coons (democrata) e a Josh Hawley (republicano), no Congresso dos Estados Unidos dizia o seguinte:

“Inclusive sem a ativação dos serviços de localização, o Facebook ainda pode saber onde o usuário está com base em informações que ele e outros fornecem através de suas atividades e conexões com nossos serviços”.

A informação foi divulgada por uma jornalista do jornal The Hill. Ela publicou esta informação no Twitter e Josh Hawley retuitou sua publicação. Além disso ele fez o seguinte comentário:

“Facebook admite. Você apaga os serviços de localização mas eles sabem onde você está para ganhar dinheiro. Não há como escapar. Não há controle sobre sua informação pessoal. Isto é a Grande Tecnologia. É por este motivo que o Congresso precisa agir”.

Decisão da Justiça reduz multa do Facebook por reter mensagens do WhatsApp para investigação.

Mais de 2 bilhões de usuários expostos

O Facebook é uma marca mundial e está presente na vida de praticamente todos os usuários com acesso à internet. São mais de dois bilhões de usuários com ativos e todos eles estão sujeitos as políticas de privacidade e publicidade da plataforma.

Todos eles são fundamentais no faturamento com publicidade que é “ultra segmentada” e atinge diretamente aqueles que serão compradores em potencial às marcas.

Processos

No Brasil e em outros países, o Facebook está enfrentando diversos processos por esta questão de privacidade. A empresa foi notificada nesta semana pelo governo brasileiro para que possa prestar esclarecimentos sobre o compartilhamento de dados, após oficializar a integração da plataforma com o WhatsApp.

Você pode notar que agora quando entra no WhatsApp está aparecendo um “Powered by Facebook”. Esse fato fez a Secretaria Nacional do Consumidor, que faz parte do Ministério da Justiça, entrar com explicações, pois há uma atualização nos seus termos de uso, onde os dados do Whats, podem estar sendo compartilhados com o Facebook para direcionar publicidade.

Atividades do Tesouro Municipal no Rio é Bloqueada e servidores ficam sem 13º 0 102

crivella e a crise do rio de janeiro

A situação não é das melhores nos cofres públicos da prefeitura do Rio de Janeiro. As contas estão se acumulando dia após dia, o que levou o secretário municipal de Fazenda, Cesar Barbiero, a publicar uma resolução onde todos os pagamentos e movimentações financeiras do Rio estão suspensos.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Todas as operações da Subsecretaria do Tesouro estão suspensas deste às 14h desta última segunda-feira (16/12). A prefeitura se manifestou e disse que esta medida irá proporcionar ajustes nos caixas do município em decorrência dos arrestos definidos pela Justiça.

Já foram mais de 92 milhões de reais bloqueados em uma ação trabalhista que tem a finalidade de pagar as dívidas de salários dos funcionários das Organizações Sociais da Saúde. Segundo a prefeitura, este bloqueio é temporário e pode ser revertido assim que uma solução for definida.

Lava Jato liga família de Lula à apartamento de luxo proveniente de contratos da OI.

Pagamentos em atraso

Desde outubro os servidores não recebem seus salários. Outro problema está relacionado ao pagamento do 13º salário, que também não será pago até o dia 20 de dezembro.

O Tribunal expediu um mandado para o Banco do Brasil, onde ele deverá repassar R$ 76,8 milhões para os funcionários com salário em atraso. Todos estes recursos bloqueados são decorrentes do tesouro e também de multas de trânsito.

O total acumulado dos arrestos definidos pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) deve chegar somente aos órgãos municipais em R$ 95 milhões. Sendo R$ 25 milhões da Procuradoria Geral do Município, R$ 20 milhões do Tribunal de Contas do Município e outros R$ 50 milhões da Câmara do Rio.

Os recursos estão sendo reivindicados pelos órgãos municipais, pois segundo eles, precisam para que possam dar continuidade nos serviços.

Reunião nesta terça-feira

Nesta terça (17/12), houve uma reunião e Crivella acabou definindo que não irá pagar o 13º aos servidores.

A Justiça também determinou o arresto de R$ 420 milhões da prefeitura, onde o número já chega em R$ 223 milhões. Como a quantia não cobre as dívidas das unidades de saúde do Rio, um novo bloqueio foi definido nesta terça. Mais R$ 164 milhões foram bloqueados.

Most Popular Topics

Editor Picks