Bolsonaro espera que dólar caia em 2020, mas Guedes diz o contrário 0 78

dolar bate recorde

O desejo de Bolsonaro é que o dólar possa cair em 2020, ou pelo menos o presidente está torcendo para que isso aconteça. Mas ele disse na manhã desta terça-feira (26/11) que a moeda alta tem suas vantagens e desvantagens e que concorda com a fala de Paulo Guedes sobre as altas dos últimos dias.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

O ministro da economia, disse em uma entrevista após participar de um fórum em Washington, que não está preocupado com a alta do dólar, que chegou a bater R$ 4,26 nesta terça-feira. Ele informou que os brasileiros deverão se acostumar com uma taxa de juros baixa e um dólar alto.

Essa “projeção” fez com que o dólar avançasse mais ainda, pois o mercado reagiu com base nesta informação.

Bolsonaro com relação a Paulo Guedes

Durante sua entrevista após deixar o Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro disse que viu, ouviu e que concorda com o que Paulo Guedes disse, “Se ele falou está falado”.

“A minha expectativa é que caia o dólar, assim como a taxa Selic e que a nossa credibilidade perante o mundo aumente. Mas com relação a economia, sou só o técnico do time, quem entra em campo para trazer as melhorias são os 22 ministros. Sendo assim, Paulo Guedes é o responsável por jogar na economia”.

Na última semana Bolsonaro já havia dito que esperava que o dólar ficasse abaixo dos R$ 4, mas na ocasião disse que a alta se deve a diversos fatores externos, principalmente ligados à disputa comercial entre os Estados Unidos e a China.

Ele disse ainda que o dólar alto conta com vantagens e desvantagens, mas optou por não informar quais.

5G no Brasil

Com presença a anos no Brasil, a Ericsson deve ter prioridade no projeto 5G no país. Bolsonaro se reuniu com o CEO Börje Ekholm, da empresa sueca Ericsson e com o presidente Eduardo Ricotta, da Ericsson Latam South, sobre o futuro desta área de telecomunicações.

“Acho que é a empresa mais antiga que está no Brasil nessa área, está investindo em nós há muito tempo, então temos que dar uma certa prioridade para eles. Mas nós vamos decidir o 5G em relação a questão técnica e econômica”.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pagamentos do Bolsa Família de novembro começa hoje 0 91

bolsa familia novembro 2019

Com confirmação do Ministério da Cidadania, os pagamentos do Bolsa Família referentes ao mês de novembro, começam nesta segunda-feira (18/11), a cerca de 12,7 milhões de famílias. O valor médio dos pagamentos é de R$ 191,08 por família.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Os pagamentos dos benefícios do Programa Bolsa Família do mês de novembro começam a ser liberados a partir desta segunda. Os saques poderão ser feitos conforme o número de cadastro, que está disponível no cartão do programa. O mesmo deverá ser seguido conforme o Calendário de Pagamentos do Programa.

Os saques poderão ser feitos através das lotéricas e locais de pagamentos em todo o Brasil.

Famílias que tiveram seus benefícios bloqueados, cancelados ou suspensos, não devem conseguir efetuar o saque, até que a situação fique regularizada.

Bolivianos passam fome e enfrentam filas para conseguir comida no país.

Benefícios cancelados

Para novembro cerca de 298 mil famílias tiveram seus benefícios cancelados segundo o Ministério da Cidadania. Isso porque não atualizaram o cadastro dentro do prazo ou sua renda mensal ficou acima do limite máximo.

Cerca de 363 mil famílias tiveram o seu benefício bloqueado, principalmente com relação ao monitoramento de crianças e adolescentes, que devem seguir as regras básicas do programa, como a presença em sala de aula.

O Ministério ainda informou que cerca de 108 mil famílias tiveram seus benefícios suspensos por estarem recebendo simultaneamente com o Seguro Defesa ou por estarem descumprindo as condições gerais do programa.

O registro e avaliação do recurso no Sistema de Condicionalidades (Sicon), com relação ao descumprimento em novembro de 2019, irá até o próximo dia 31 de dezembro de 2019.

No próximo mês está previsto o pagamento do 13º do Bolsa Família.

Agora a cota para compras no Paraguai será de US$ 500 e US$ 1000 0 134

nova cota compras paraguai

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na manhã deste sábado (16/11) através de suas redes sociais, o aumento oficial das cotas para compras no Paraguai.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A partir do próximo dia primeiro de janeiro de 2020, o limite máximo, conhecido como “cota”, para compras no Paraguai, irá subir de US$ 300 para US$ 500, uma reivindicação antiga de quem faz o trajeto para adquirir produtos para fins pessoais e/ou comerciais.

A cota de US$ 500 vale para quem atravessar a fronteira via terrestre, fluvial ou lacustre (Hidrovia, ferry boat).

Fim do DPVAT no Brasil, mas não o fim do direito de contratar um seguro.

Cota de compras no Paraguai para quem vai de avião

Mas para quem atravessar a fronteira via espaço aéreo, também contará com um aumento na cota. Hoje quem viaja de avião para fora do país já conta com uma cota de US$ 500.

A partir de janeiro de 2020 essa cota será aumentada para US$ 1000.

Todas as regras foram publicadas através da nova Portaria 601-MF de 12/nov/19 que altera a Portaria 440-MF de 30/jul/2010.

Most Popular Topics

Editor Picks