empresas fechadas no brasil por surto de coronavirus

Empresas brasileiras que anunciaram a paralisação por conta do COVID-19

Nesta segunda-feira (23/03), mais empresas brasileiras informaram a suspensão de suas atividades para contribuir com o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no país. As empresa são o Magazine Luiza e a Klabin.

As companhias fizeram o anúncio de que grandes projetos e áreas de negócios estão sendo paralisados em decorrência do surto nacional. O país já chegou a 25 mortos pela doença e há ao menos 1546 pessoas infectadas por todos os estados. Os números vem crescendo dia após dia.

Magazine Luiza

Nesta segunda, o Magazine Luiza informou que estará fechando temporariamente sua operação de lojas físicas. A empresa deve concentrar seus esforços nas operações do comércio eletrônico. Até então a varejista estava trabalhando em expandir rapidamente a entrega de produtos vendidos online a partir de lojas físicas.

Ela informou que possui uma estrutura sólida de capital.

Klabin

Outra empresa que anunciou o fechamento temporário de suas atividades foi a Klabin. A empresa dispensou os trabalhadores envolvidos nas obras de construção civil e na montagem do Projeto Puma II, uma ação bilionária no estado do Paraná que tinha quase 4500 pessoas trabalhando.

A empresa deu uma declaração que a evolução rápida da pandemia do coronavírus e as incertezas quanto ao prazo de normalização das atividades econômicas e de saúde no país, não fica possível estabelecer quais serão os efeitos no cronograma e orçamento do projeto.

Embraer

A Embraer neste fim de semana informou que irá colocar todos os seus empregados no Brasil que não tem condições de trabalhar remotamente em afastamento remunerado até o próximo dia 31 de março. Apenas operações essenciais devem ser mantidas e um novo anúncio deve ser feito assim que este prazo expirar.

Via Varejo

A Via Varejo, uma das principais rivais do Magazine Luiza, anunciou que estará fechando de forma temporária todas as lojas físicas do Ponto Frio e Casas Bahia. A concentração da operação deverá ser no varejo Online.

Marisa

As lojas físicas da Marisa também estão fechadas e a operação deverá ser dedicada para o comércio online.

Arezzo

A Arezzo também anunciou que estará suspendendo as atividades na fábrica, dando férias coletivas aos funcionários e que temporariamente estará fechando suas lojas onde as autoridades estaduais e municipais estão fazendo a indicação.

Uma das medidas era também a redução de 30% dos salários do presidente executivo e de toda a diretoria além de seus conselheiros.

Calendário de pagamento do INSS sobre o adiantamento do 13º por Covid-19.

brMalls

A partir desta segunda-feira, a brMalls também anunciou as medidas de combate ao Covid-19. Todos os shoppings serão fechados ao público. Entre os shoppings que suspenderam suas atividades está o Iguatemi, somente operações essenciais estão sendo mantidas.

Estados e o coronavírus

O Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e outros já decretaram quarentena de no mínimo 15 dias a partir desta semana, onde todos os estabelecimentos comerciais e serviços não essenciais devem ser fechados. Esta é uma medida que vem sendo adotada para reduzir a disseminação do coronavírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *