Quase 600 mil trabalhadores optam por NÃO sacar os R$ 500 do FGTS 0 127

trabalhadores que nao querem dinheiro do fgts caixa

Após ser liberado o Saque Imediato do FGTS na última sexta-feira, muitos trabalhadores optaram por não receberem os valores de R$ 500. Aproximadamente 600 mil beneficiários com conta vinculada a Caixa Econômica, solicitaram que os valores não sejam depositados de forma automática, conforme o calendário de pagamentos.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Apesar de ser um número bem expressivo, ele não representa nem 2% do total de beneficiários que devem receber os valores.

Para não optar pelos valores, é preciso que os clientes da Caixa Econômica Federal, informem ao banco o desejo através do internet banking ou no telefone 0800-724-2019.

Saque Imediato

Mas se quase 600 mil optaram por não receber os valores, quase 2 milhões já autorizaram o crédito automático em conta. Os saques foram iniciados no último dia 13/09, para quem tem conta poupança e que fazem aniversário entre os meses de janeiro e abril.

Até esta terça-feira (17/09), a Caixa deve manter o horário de expediente com duas horas a mais, abrindo a partir das 8h.

A partir do próximo dia 27/09, trabalhadores que fazem aniversário entre maio e agosto poderão fazer o saque de até R$ 500. Já os nascidos entre setembro e dezembro, irão receber os valores a partir do dia 09 de outubro. Lembrando que este calendário é para quem possui conta na Caixa.

Os saques para não correntistas, devem começar a partir do dia 18 de outubro, respeitando o calendário de pagamento conforme a data de aniversário.

Os valores dos saques de até R$ 500 do FGTS devem alcançar 96,5 milhões de pessoas, totalizando R$ 39,8 bilhões em pagamentos.

Confira o calendário de pagamentos do FGTS em 2019 e 2020.

Como fazer o saque?

Quem for cliente da Caixa terá o dinheiro depositado automaticamente. Só será preciso entrar em contato com a Caixa se o desejo for de NÃO receber os valores.

Quem optar por fazer o saque, poderá utilizar os terminais de autoatendimento das agências, portando o Cartão Cidadão e a senha pessoal cadastrada. Neste caso os valores pode ser de até R$ 500, conforme o saldo presente nas contas.

Quem tiver até R$ 100 para receber, poderá fazer o saque nas Lotéricas. É preciso apresentar o documento de identidade original com foto e o número do CPF. Quem tiver mais de R$ 100 para receber, só poderá fazer o saque nas Lotéricas se tiver o Cartão Cidadão e a senha.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ladrões se passam por funcionários da Caixa para roubar saque do FGTS 0 117

saque fgts golpes na caixa

O saque imediato do FGTS começou na última sexta-feira 13/09, e já foi motivo para criminosos aplicarem golpes em quem foi até as agências para retirar até R$ 500.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A polícia informou que alguns ladrões se passando por funcionários da Caixa Econômica Federal, realizavam golpes contra os alvos, na maioria idosos e cidadãos mais humildes. Eles prometiam agilizar o atendimento e fazer com que o beneficiário evitasse filas durante o saque.

Os golpistas ligavam e entravam em contato com as vítimas por outros meios, marcando o dia e hora para realizar a retirada do dinheiro. Durante o contato era citado dados pessoais verdadeiros e até mesmo um valor aproximado que poderia ser sacado, para atrair ainda mais a atenção das vítimas.

Quase 600 mil trabalhadores optam por não fazer o saque imediato do FGTS.

Todo cuidado é pouco

A Caixa Econômica Federal cria mecanismos para que o beneficiário possa fazer os saque e consultas de forma totalmente autônoma. A instituição ressalta que nenhuma senha, informações ou dados pessoais dos trabalhadores sejam solicitados por telefone ou qualquer outra forma de contato.

A Caixa não envia também mensagens sobre saques de contas ativas e inativas do FGTS.

É fundamental que todas as informações sejam obtidas através dos caixas de atendimento nas agências ou através dos canais Caixa, como o www.caixa.gov.br, FGTS.caixa.gov.br, pelo App do FGTS através da PlayStore ou AppStore e também pelo telefone:

  • 0800-724-2019

O cidadão poderá entrar em contato com a Caixa Econômica, e nunca o contrário.

É recomendado também que os trabalhadores identifiquem empregados e colaboradores das agências através dos crachás de funcionários. Jamais aceite ajuda de pessoas que mesmo que uniformizadas, não estejam identificadas.

Sites criminosos

Há muitos sites que fazem ótimos trabalhos informativos na internet. Mas não acesse links duvidosos ou forneça informações pessoais em sites que não sejam os oficiais da Caixa Econômica Federal. Preste atenção na URL, para ter certeza de que se trata de um site oficial e não um que acabe simulando um verdadeiro.

Após preencher questionários, os golpistas acabam tendo acesso a todo tipo de dado, o que pode contribuir para golpes online.

Cuidado com abordagens estranhas online, por meio de ligações e até mesmo em abordagens nos terminais de autoatendimento das próprias agências.

Saque imediato do FGTS

Serão 96 milhões de trabalhadores que possuem o direito ao saque imediato com valores de até R$ 500 por conta vinculada do FGTS (Ativas e inativas).

Os saques seguem até o próximo dia 31 de março de 2020 e é muito importante estar atento a possíveis golpes neste período.

Confira o calendário:

Proposta de reforma Tributária dos Estados é enviada ao Congresso 0 117

estados do brasil reforma tributaria

Depois da Reforma da Previdência a Reforma Tributária é uma das pautas mais importantes deste governo. E este caso avança na tarde desta terça-feira (03/09) após os secretários da Fazenda dos Estados e do Distrito Federal, aprovarem a versão final da proposta de reforma tributária nos estados.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Porém o texto final precisa do aval de ao menos sete governadores para ser apresentado no Congresso Nacional, mas já é contada como certa a sua ida para a discussão dos Deputados.

Reforma Tributária

O presidente Rafael Fonteles do Comitê de Secretários de Fazenda (Comsefaz), que é atualmente o secretário estadual do Piauí, informou que ainda não está concretizado se o texto será enviado como emenda substitutiva à proposta de emenda constitucional (PEC), que já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) ou como uma nova proposta para os parlamentares decidirem.

Rafael pretende ir na próxima semana de setembro fazer uma visita pessoal ao Congresso Nacional e tentar uma audiência com presidentes da Câmara e do Senado, com a proposta sobre os estados do Brasil em relação a este assunto.

Neste texto está descrito um período de 10 anos até que o Imposto Sobre Bens e Serviços (IBS) seja completamente implementado, antes de substituir outros cinco, o PIS, IPO, ICMS, ISS e Cofins, onde a lógica é simplificar a tributação atual no Brasil, que é muito complexa.

Durante esses 10 anos todos os impostos estariam em vigor, mas o comitê gestos do novo tributo IBS, iria fazer um equilíbrio entre as alíquotas para quem nenhum estado perda suas arrecadações, mas também não seja necessário subir a carga tributária.

O que diz Bolsonaro sobre o trabalho infantil.

Para Rafael, a premissa básica é não aumentar a carga tributária no Brasil, que já é altíssima.

Sendo assim ao longo dos 10 anos o IBS irá aumentar gradualmente, assim como os outros sofrerão redução, até que no final dos anos, apenas o IBS esteja 100%.

Nova proposta da Reforma Tributária

Outros pontos importantes desta reforma são:

  • Por 20 anos nenhum estado vai ter perda real da sua arrecadação de impostos;
  • O tratamento diferenciado da Zona Franca de Manaus será preservado;
  • Estados e municípios terão autonomia para definir sua alíquota do IBS. Essa alíquota vai valer para todos os bens e serviços.
  • E a criação de um fundo de desenvolvimento regional para ajudar no desenvolvimento de estados mais pobres.

Most Popular Topics

Editor Picks