Impeachment Bolsonaro, uma realidade? Ao menos no Twitter sim! 0 252

Impeachment Bolsonaro, uma realidade? Ao menos no Twitter sim! 2

O Twitter na manhã desta sexta-feira (17) acordou todo animado com relação ao tema política. Já está nos Trending Topics um assunto bem polêmico, o Impeachment de Bolsonaro! Mas seria isso uma realidade?

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Muitos acreditam que se o atual presidente Jair Messias Bolsonaro continuar a dar ouvidos para muitos que fazem parte do seu governo, ele irá cometer diversos erros de gestão e prejudicar o apoio de pelo menos um terço da Câmara dos Deputados. Esses erros e o apoio minado, poderá ter uma consequência que já está familiarizada entre os brasileiros, o Impeachment.

Impeachment Bolsonaro, uma realidade? Ao menos no Twitter sim! 3

Mas ainda estamos no início do mandato, apesar dos assuntos polêmicos envolvendo os Bolsonaros nos últimos dias, sabemos que não será do dia para a noite que o governo irá arrumar a casa, principalmente após as gestões duvidosas dos últimos presidentes, que acabaram minando as riquezas do país, criando um ar de indignação por parte do eleitorado, que foi peça fundamental na eleição do novo governo.

Bolsonaro deverá instruir seus filhos e outros do governo a se envolverem menos em temas polêmicos, porém para contingenciar os rombos nos cobres públicos, será preciso focar em ações que podem “machucar” uma grande massa da população, como é o caso da Reforma da Previdência e dos cortes nas universidades federais.

Tudo tem o lado bom e ruim. Sabemos que sem sacrifícios é impossível comandar uma nação, porém todos os movimentos devem ser feitos com uma certa cautela.

Mourão

Caso essa faísca de Impeachment siga, quem deverá assumir os anos restantes do governo Bolsonaro é Mourão. Sabemos que ele possui ideias diferentes em diversos temas com relação à Bolsonaro, mas toda a Câmara, Senado e população deve sempre lembrar das consequências do Impeachment.

Poderá ser uma mudança para o bem, como uma mudança para o mal, o futuro dirá.

Previous ArticleNext Article
Jornalista pós-graduado em mídia e redes sociais e jornalismo com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alíquotas do saque do FGTS 2020 de contas ativas e inativas 0 156

saque fgts 2020 aliquotas

Na noite desta quarta-feira (24/07) a equipe econômica do Governo anunciou mudanças com relação ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), onde de agora em diante será possível realizar um saque de até R$ 500 em 2019 e a partir de 2020 os saques se tornam anuais, porém serão feitos através de alíquotas específicas, conforme os valores presentes nas contas.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Primeiro é preciso saber que quem quiser realizar estes saques deverá comunicar à Caixa Econômica Federal a partir do mês de outubro deste ano. Mas quem optar por receber os pagamentos anuais, deverá estar ciente de que não poderá mais fazer o saque total da conta se for demitido sem justa causa.

Quem optar por saques anuais do Fundo de Garantia, só poderá voltar a modalidade que permite o saque total em caso de demissão sem justa causa, somente após dois anos desta mudança.

As alíquotas de saque para 2020 já foi divulgada, porém a Caixa ainda irá gerar um calendário de pagamentos, que será divulgado em seu site oficial.

Multa de 40%

O cálculo da multa de 40% pago em demissões sem justa causa porém não sofre alterações, sendo ainda uma obrigação do empregador.

Como irá funcionar o saque do FGTS?

No caso do saque fgts anual será permitido resgatar um percentual do saldo total. Para quem tem até R$ 500 de saldo, poderá sacar 50% do valor. Essa porcentagem diminui até 5% quando atinge a marca de R$ 20 mil ou mais.

Além da porcentagem o governo definiu um “bônus” para quem tem mais de R$ 500,01 de saldo, que nada mais é do que uma parcela adicional fixa para cada uma das alíquotas.

Todas as alíquotas e valores do FGTS 2020

  • Trabalhadores com 1 a 500 reais, alíquota de 50% sem parcela adicional;
  • Trabalhadores com 500,01 a 1000 reais, alíquota de 40% mais parcela adicional de R$ 50;
  • Trabalhadores com 1000,01 a 5000 reais, alíquota de 30% mais parcela adicional de R$ 150;
  • Trabalhadores com 5000,01 a 10.000 reais, alíquota de 20% mais parcela adicional de R$ 650;
  • Trabalhadores com 10.000,01 a 15.000 reais, alíquota de 15% mais parcela adicional de R$ 1150;
  • Trabalhadores com 15.000,01 a 20.000 reais, alíquota de 10% mais parcela adicional de R$ 1900;
  • Trabalhadores com acima de 20.001 reais, alíquota de 5% mais parcela adicional de R$ 2900.

Por exemplo: Quem tem R$ 1500 no FGTS recebe sobre uma alíquota de 30%, recebendo R$ 450 + a parcela adicional de R$ 150, totalizando um saque de R$ 600.

Consulte o seu saldo do FGTS: www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/Paginas/default.aspx

Saque dos Ativos e Inativos do FGTS deve acontecer no 2º semestre de 2019 0 135

saque ativo inativo fgts 2019

Assim como aconteceu no governo de Michel Temer, a equipe econômica e o governo de Jair Bolsonaro deve anunciar ainda nesta semana a proposta de liberar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o famoso FGTS, para todo o trabalhador brasileiro.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A proposta é exatamente a mesma de Temer, poder injetar dinheiro na economia brasileira, onde até o momento a previsão é que entre em circulação mais de 30 bilhões de reais. Isso irá aquecer o mercado, já que o consumidor irá gastar os valores e parte dele irá retornar ao governo como imposto.

O saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço será válido tanto para contas ativas como as inativas, atendendo a praticamente 100% dos trabalhadores brasileiros.

Quem tiver direito a sacar os valores das contas ativas e inativas do FGTS, poderá faze-los através dos caixas eletrônicos, quando for valores menores ou através dos caixas internos da Caixa Econômica Federal, quando os valores forem maiores. A quantia exata ainda não foi definida.

Paulo Guedes

A proposta de liberar o saque do fundo de garantia já era um dos planos de Paulo Guedes, atual Ministro da Economia, porém ele esperava a aprovação das reformas importantes para o país como a Reforma da Previdência, antes de começar o seu plano para “agitar” a economia.

Outro dinheiro do trabalhador que pode ser liberado em breve é o PIS/PASEP, onde o abono pago pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, deve injetar outros bilhões na economia.

Most Popular Topics

Editor Picks