Vídeo com campanha da Reforma da Previdência vaza na Internet! 1 2935

Vídeo com campanha da Reforma da Previdência vaza na Internet! 1

Acabou de vazar um vídeo da campanha da Reforma da Previdência na Internet. Não se sabe ainda como ou quem vazou o referido, mas ele já tem circulado pelas redes sociais.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Veja abaixo o vídeo que vazou:

A Reforma da Previdência é um dos assuntos mais polêmicos que vem sendo debatidos no Brasil. O assunto não é necessariamente novo, mas a discussão ganhou um novo fôlego nas eleições de 2014 e sobretudo no final do governo de Michel Temer.

Temer aliás tentou se articular para aprovar a reforma antes do fim do seu mandato, porém devido a vários pontos controversos e polêmicos da mesma, sua votação foi protelada, ao menos até aquele momento.

Vídeo com campanha da Reforma da Previdência vaza na Internet! 2

Assim que Jair Bolsonaro assumiu a presidência da República, o tema voltou a ser debatido, com altíssima intensidade. Isso não somente entre os próprios parlamentares e afins, mas também entre profissionais do ramo jurídico, financeiro e obviamente pela população em geral.

Um dos pontos mais espinhosos da Reforma da Previdência se refere ao tempo de contribuição e a idade mínima que, em tese, seriam maiores, além de outros elementos condicionantes.

Isso provocou debates acalorados, visto que há de se levar em consideração a expectativa de vida e outras condições da pessoa que irá se aposentar.

A imprensa nacional e internacional se manifestou a respeito dos pontos dessa reforma. Pelo desenrolar dos acontecimentos, o mais provável é que a mesma ainda demore a ser aprovada (ou não).

 

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

1 Comment

  1. Que tal colocar um político no papel do João privilegiado. Poderia ser o presidente, por exemplo, que receber, juntando todas as aposentadorias, algo em torno de R$ 70 mil mensais. Ficaria mais real. Bastava trocar o João pelo Jair. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sete mil militares da reserva serão responsáveis por atualizar fila do INSS 0 123

militares da reserva inss

Jair Bolsonaro está preocupado com os milhares de benefícios que estão parado hoje na fila de concessões do INSS.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

E para resolver esta situação o mais breve possível e trazer alívio para a população, deverá estar assinando um decreto até este fim de semana, onde poderá contratar até sete mil militares da reserva para analisar e regularizar o problema.

Para poder contratar os militares o governo precisará desembolsar algo em torno de R$ 15 milhões por mês, segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho.

Mas apesar dos altos investimentos, ainda sim o governo poderá estar lucrando, pois benefício parado significa pagamento de atrasados com correção monetária, o que fará que uma grande parte do orçamento seja destinado a arcar com os custos desta correção.

Juros e correção monetária

A Reuters publicou no último mês de 2019 que os benefícios estavam parados pela falta de pessoal. E segundo estimativas a cada ano o impacto pelo atraso pode gerar um prejuízo de quase 10 bilhões de reais por ano.

Atualmente são mais de 2 milhões de benefícios parados à espera de análise pela falta de pessoal no Instituto Nacional do Seguro Social. Mas mesmo eliminando o que dá, todos os meses há novos 900 mil pedidos, uma grande parte proveniente de segurados que acabaram passando pelo pente fino do último ano.

Se a medida proposta por Bolsonaro acontecer até este fim de semana, a expectativa é que os militares da reserva exerçam a atividade a partir do próximo mês de abril.

A estimativa é que com essa força tarefa militar tudo estará em ordem no prazo de até 6 meses.

Confrontos eclodem em protesto em Paris contra reforma da previdência 0 131

protestos contra reforma previdencia paris franca

Diversos manifestantes tomaram as ruas de Paris neste sábado (04/01) contra os planos de reforma da previdência que o governo francês está tentando implementar no país. A estação Gare du Nord e Gare de I’Est contou com a presença de muitos, onde houve a necessidade da polícia intervir para conter a multidão.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Diversos manifestantes e também ativistas dos “coletes amarelos”, conhecidos na região, acabaram colocando fogo em cestos de lixo e causavam alvoroço pela região. A polícia então atirou gás lacrimogêneo contra a multidão.

Parte da França vem sendo prejudicada com as greves nos transportes desde o último mês. Outra manifestação já está marcada para o dia 09 de janeiro.

Saque imediato do FGTS em 2020 não terá impacto do novo salário mínimo.

Comunicado de Macron

Emmanuel Macron fez um comunicado para a população, explicando o porque as reformas são necessárias. Segundo ele hoje o sistema de aposentadorias é muito complicado e que há uma necessidade de simplificar isso.

Porém os adversários políticos do atual presidente dizem para a grande massa da população que será necessário trabalhar muito mais tempo para conseguir se aposentar.

Manifestantes disseram:

“A população francesa precisa pensar um pouco sobre qual o tipo de sociedade elas querem, em um nível mais pessoal, caso você tenha 20, 30, 40 ou mais anos, um dia se aposentará. Caso este sistema seja aprovado como foi apresentado, a catástrofe social está garantida. Em reformas anteriores a população que se aposentou, está recebendo pensões baixíssimas.”

Most Popular Topics

Editor Picks