Vídeo com campanha da Reforma da Previdência vaza na Internet! 1 3779

Vídeo com campanha da Reforma da Previdência vaza na Internet! 1

Acabou de vazar um vídeo da campanha da Reforma da Previdência na Internet. Não se sabe ainda como ou quem vazou o referido, mas ele já tem circulado pelas redes sociais.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Veja abaixo o vídeo que vazou:

A Reforma da Previdência é um dos assuntos mais polêmicos que vem sendo debatidos no Brasil. O assunto não é necessariamente novo, mas a discussão ganhou um novo fôlego nas eleições de 2014 e sobretudo no final do governo de Michel Temer.

Temer aliás tentou se articular para aprovar a reforma antes do fim do seu mandato, porém devido a vários pontos controversos e polêmicos da mesma, sua votação foi protelada, ao menos até aquele momento.

Vídeo com campanha da Reforma da Previdência vaza na Internet! 2

Assim que Jair Bolsonaro assumiu a presidência da República, o tema voltou a ser debatido, com altíssima intensidade. Isso não somente entre os próprios parlamentares e afins, mas também entre profissionais do ramo jurídico, financeiro e obviamente pela população em geral.

Um dos pontos mais espinhosos da Reforma da Previdência se refere ao tempo de contribuição e a idade mínima que, em tese, seriam maiores, além de outros elementos condicionantes.

Isso provocou debates acalorados, visto que há de se levar em consideração a expectativa de vida e outras condições da pessoa que irá se aposentar.

A imprensa nacional e internacional se manifestou a respeito dos pontos dessa reforma. Pelo desenrolar dos acontecimentos, o mais provável é que a mesma ainda demore a ser aprovada (ou não).

 

Previous ArticleNext Article
Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal TV É Brasil. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Uma verdadeira amante da cultura, arte e entretenimento.

1 Comment

  1. Que tal colocar um político no papel do João privilegiado. Poderia ser o presidente, por exemplo, que receber, juntando todas as aposentadorias, algo em torno de R$ 70 mil mensais. Ficaria mais real. Bastava trocar o João pelo Jair. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saque dos Ativos e Inativos do FGTS deve acontecer no 2º semestre de 2019 0 130

saque ativo inativo fgts 2019

Assim como aconteceu no governo de Michel Temer, a equipe econômica e o governo de Jair Bolsonaro deve anunciar ainda nesta semana a proposta de liberar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o famoso FGTS, para todo o trabalhador brasileiro.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A proposta é exatamente a mesma de Temer, poder injetar dinheiro na economia brasileira, onde até o momento a previsão é que entre em circulação mais de 30 bilhões de reais. Isso irá aquecer o mercado, já que o consumidor irá gastar os valores e parte dele irá retornar ao governo como imposto.

O saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço será válido tanto para contas ativas como as inativas, atendendo a praticamente 100% dos trabalhadores brasileiros.

Quem tiver direito a sacar os valores das contas ativas e inativas do FGTS, poderá faze-los através dos caixas eletrônicos, quando for valores menores ou através dos caixas internos da Caixa Econômica Federal, quando os valores forem maiores. A quantia exata ainda não foi definida.

Paulo Guedes

A proposta de liberar o saque do fundo de garantia já era um dos planos de Paulo Guedes, atual Ministro da Economia, porém ele esperava a aprovação das reformas importantes para o país como a Reforma da Previdência, antes de começar o seu plano para “agitar” a economia.

Outro dinheiro do trabalhador que pode ser liberado em breve é o PIS/PASEP, onde o abono pago pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, deve injetar outros bilhões na economia.

A libra, atingida pelo Brexit, enfrenta a força gravitacional da paridade 0 27

A libra, atingida pelo Brexit, enfrenta a força gravitacional da paridade 5

Traders de câmbio que não confiam em se posicionar diretamente para um Brexit forte podem finalmente estar jogando a toalha: fortes vendas da libra neste mês e métricas como derivativos e posições de investidores sugerem que não haverá trégua.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

A flutuação da libra

A questão, tanto para os mercados como para o público, é o quanto a libra esterlina poderia enfraquecer.

Uma leitura rápida dos canais gráficos mostra o nível de US $ 1,20 na esquina.

Mas grandes bancos do Reino Unido, como o HSBC, já estão falando sobre a possibilidade de quebrar os mínimos que se seguiram ao referendo Brexit de US $ 1.149.

E então, os olhos seriam fixados na baixa histórica de US $ 1,0545 em março de 1985, pouco antes de as potências do G7 agirem para conter a superdólar da era Ronald Reagan no chamado “Acordo Plaza”.

Níveis técnicos à parte, a libra está no caminho da paridade com o dólar e o euro?

A percepção geral de que a Grã-Bretanha chegaria a algum tipo de acordo comercial de transição antes de deixar a União Européia até agora manteve os investidores mais ou menos fora das apostas contra a libra britânica, por causa da preocupação de que a moeda britânica Acionar se um acordo de última hora for alcançado.

Enquanto um Brexit não negociado ainda é considerado improvável, os participantes do mercado estão se posicionando ativamente ao se livrarem da libra. O que mudou?

O líder do Brexit, Boris Johnson, aparentemente assumirá como primeiro-ministro britânico na próxima semana com o compromisso de remover o Reino Unido da União Européia em 31 de outubro, não importa o que aconteça.

Além disso, uma série de dados econômicos sombrios destacou os riscos do Brexit e parece ter persuadido o Banco da Inglaterra a relaxar seu viés.

Tudo isso fez com que a libra caísse 6% desde o início de maio, para cotar em um ambiente de, no mínimo, dois anos, com 1,24 dólar, embora em abril a libra estivesse sendo negociada perto de 1,34 dólar. Mas as perdas estão longe de terminar, dependendo das opções e do futuro.

Os dados das opções mostram pouco apoio para a libra até chegar a US $ 1,20, um preço em que as opções acumularam US $ 1 bilhão. Esse valor, para o qual a opção pode ser exercida, expira nas próximas duas semanas.

Contra o euro, a libra está se aproximando do nível psicológico de 90 centavos, há pouco apoio nesse nível porque a moeda raramente foi negociada sob esse preço no passado.

As estratégias do BNY Mellon apontam que desde que a moeda única européia foi criada em 1999, a libra só negociou menos de 3% do tempo abaixo de 90 pence.

“Estes são níveis inexplorados para a libra e provavelmente haverá mais sofrimento à espera”, disse Neil Mellor, estrategista de câmbio do BNY Mellon em Londres.

Fonte:Reuters Latin America

Most Popular Topics

Editor Picks