Skip to content

Em 2020 Carnaval no Rio não contará com dinheiro da prefeitura

30 de agosto de 2019
carnaval 2020 nao tera investimento prefeitura rio

O Carnaval 2020 no Rio de Janeiro não terá verba proveniente da Prefeitura, pelo menos as Escolas de Samba do Grupo Especial não. A informação foi confirmada pelo presidente da Riotur, Marcelo Alves, responsável pela empresa municipal de turismo do Rio.

No carnaval de 2019, cada escola do Grupo Especial recebeu uma quantia de R$ 500 mil do município. As informações já estão sendo divulgadas, pois o planejamento da prefeitura com relação a festa de 2020 já começou.

O sambódromo do Rio de Janeiro, deverá passar sua gestão que hoje é feita pela prefeitura, para o governo estadual. A informação vem sendo alardeada pelo governador Wilson Witzel desde que assumiu o mandato, mas ainda não a uma data específica para isso acontecer.

Marcelo Alves informou que já tem até um documento pronto de permissão do uso do espaço que foi construído em 1984. Todos os anos o contrato é feito pela Liesa, que inclusive conta com verba muito maior do que a Lierj, mas a proposta do governo é que realmente a gestão passe a ser do estado e não mais do município.

Nelsinho Piquet se revolta com nome da pista do Rio de Janeiro.

Carnaval 2020

A Riotur já começou o planejamento do carnaval, e os planos não estão incluindo a subvenção referentes as escolas de samba do Grupo Especial do Rio em 2020, onde o orçamento previsto já deixou de fora os R$ 500 mil que foram patrocinados neste ano de 2019.

Mas Marcelo Alves disse que irá levar ao prefeito as reivindicações das escolas para reaver a subvenção. Para ele a Liesa conta com uma receita muito maior do que a liga que organiza a Série A, do grupo de acesso, a Lierj. Um documento com as reivindicações contará com informações sobre a baixa receita para a organização do carnaval.

Hoje a liga que organiza os desfiles da Intendente Magalhães (Liesb), está dentro do orçamento da RioTur, mesmo sendo um evento sem bilheteria.

A RioTur também informou que a rede hoteleira do Rio está cobrando a organização com relação as últimas polêmicas sobre o Carnaval 2020. Mas as festas estão fluindo e todos os detalhes estão sendo acertados, independente do Sambódromo ir ou não para a gestão do estado.

O carnaval do próximo ano promete ser uma festa inesquecível. A prefeitura, escolas, a RioTur e todos os envolvidos não pararam de trabalhar.