Category

Notícias

Category

Acusado de fraude fiscal pelo governo espanhol durante sua estadia no país, enquanto ainda jogava pela Real Madrid, Cristiano Ronaldo finalmente admitiu que existiu uma fraude fiscal em seu orçamento.

O julgamento aconteceu nesta terça feira em Madrid e admitindo o erro de ter sonegado impostos da época, precisará pagar uma multa de aproximadamente 18,8 milhões de euros (estimativa de aproximadamente R$ 80,2 milhões).

Com essa multa, o atual atacante do Juventus conseguiu se livrar do castigo maior, que poderia ser concedido. Cristiano Ronaldo poderia ser condenado em até 23 meses de prisão.

A não condenação não ocorreu por conta de uma lei na Justiça da Espanha que prevê uma sentença de cárcere inferior a dois anos, isso se a pessoa em questão não tiver antecedentes criminais.

Cristiano Ronaldo não é o primeiro jogador de futebol a precisar enfrentar problemas na justiça espanhola por fraudes fiscais. Jogadores como Xabi Alonso (ex Real Madrid) e Lionel Messi (Barcelona) também passaram pela mesma situação.