Ferramentas indispensáveis para quem quer atuar como designer gráfico 0 425

Ferramentas indispensáveis para quem quer atuar como designer gráfico 1

Em um mundo onde uma imagem diz muita coisa sobre um produto ou um serviço, o profissional que atua como designer gráfico ganha cada vez mais protagonismo.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

Por isso que aquela capa de revista maneira, aquela embalagem vistosa e até a marca que acompanha uma empresa por uma vida inteira pode sair das mentes criativas de um designer gráfico.

Além disso, por mais existam ferramentas fáceis e intuitivas para dar uma mãozinha para aqueles que não estão a par dos principais programas de criação, a presença de um designer gráfico não deixa de ser importante.

Pois se hoje em dia criar um site é fácil graças às ferramentas como o WordPress e indicamos também esse tutorial da weblink www.weblink.com.br/blog/como-criar-um-site/, não são todos os profissionais que sabem qual é a melhor fonte a ser utilizada, quais cores combinam mais com o seu produto e conteúdo.

Esses detalhes tão pequenos – mas ao mesmo tempo tão essenciais – são fundamentais para a identidade visual do seu projeto na web. E quando se trata de identidade visual é aconselhável colocá-la nas mãos de quem entende do assunto.

A atuação do designer gráfico

O designer gráfico é, basicamente, o profissional que transmite ideias por meio de imagens e palavras nas mais diferentes mídias, seja pelo outdoor que está na esquina mais movimentada da sua cidade, seja pelo site que você acessa para buscar alguma informação ou produto.  

Até mesmo o game mais famoso do momento ou o pôster do filme de super-herói que está arrasando nas bilheterias, com certeza saíram da mente criativa de um designer gráfico.

O designer é um projetista. Ele atua inserido em um processo, portanto, não estranhe ao descobrir que boa parte do que está ao seu redor foram planejadas e executadas por esse profissional.

Mas se contar com uma mente criativa já é meio caminho andado, ter à disposição ferramentas que podem dar vazão a essa criatividade é o que torna completa a atuação de um designer gráfico.

As ferramentas que estão no dia a dia dos designers

Quando Leonardo Da Vinci deu ao mundo a Monalisa, ele utilizou a tinta adequada, o suporte ideal e mais uma série de ferramentas imprescindíveis para aquele tipo de trabalho.  

Não pense também que Michelangelo contou apenas com a boa vontade e o talento para conceber aquela maravilha que são as pinturas no teto da Capela Sistina. Ele utilizou as ferramentas certas.

Qualquer profissional, seja ele um médico, um artista ou um administrador de empresas, possui materiais adequados que viabilizam a realização do seu trabalho. A situação não é diferente no caso dos designers gráficos.

Como a tecnologia nos dias de hoje parece evoluir na velocidade da luz, não faltam softwares que ajudam os designers gráficos a realizarem as suas mágicas. Há aquelas desenvolvidas para a edição de fotos, outras para a editoração de livros.

No entanto, há também aquelas ferramentas feitas para desenhar formas e pintar, assim como há outras mais complexas, que auxiliam no desenvolvimento de imagens em 3D.

Para todas as situações há uma ferramenta adequada e é isso que iremos ver a seguir.

Adobe Photoshop

Não é exagero nenhum afirmar que o Photoshop está para o designer assim como o lápis de cor está para um aluno do jardim da infância. Em muitos casos, esse software é a porta de entrada para quem inicia a carreira de designer.

Inclusive, muitas pessoas decidem seguir essa carreira depois de editarem as suas primeiras imagens – profissional ou não – por meio dessa ferramenta.

O Photoshop é muito usado para edição de fotos, bem como para criação de layouts, composição de imagens e uma infinidade de trabalhos que envolvem design.

Adobe Illustrator

Mais um software criado pelo clã da Adobe, o Illustrator é útil para o trabalho com objetos vetoriais. Além disso, diferente do Photoshop, o Illustrator não atua por meio de camadas.

Ele é um software bastante versátil e auxilia muito no trato tanto de imagens 2D quanto de 3D. Para quem deseja seguir na área de ilustrações e desenhos, esta é a ferramenta.

CorelDraw

Quem frequenta grupos e comunidades de designers já deve ter se deparado com alguns memes fazendo brincadeirinhas com esse software.

Apesar de ter tido a sua época de ouro, o Corel Draw continua sendo uma das ferramentas essenciais que todo designer gráfico precisa conhecer.

Assim como o Illustator, ele é útil para manusear vetores, criar desenhos e trabalhos que envolvem ilustrações de forma geral.

Sketch

Em se tratando de projetos de design gráfico, o Sketch veio para facilitar tudo e tornar o processo de criação mais ágil e intuitivo. Trata-se de uma ferramenta bastante recomendada para designers gráficos que precisam desenvolver o layout de diversos projetos.  

Ele auxilia na organização e criação de interfaces sem obrigar você a se preocupar com processos complexos. Além disso, oferece recursos poderosos que facilitam ainda mais o trabalho de qualquer designer gráfico.  

Conclusão

Se você é designer gráfico certamente já usou – ou quem sabe até utiliza ainda – algumas das ferramentas citadas. Caso você esteja iniciando a sua jornada nesse universo de imagens, palavras e cores estão aí algumas dicas.

Portanto, pesquise mais sobre essas ferramentas e nunca deixe de se atualizar e relação a outras ferramentas, pois um bom profissional nunca deve deixar de aprender.

Previous ArticleNext Article
Direto do Repórter Social, amantes de internet, redação e publicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Futebol Feminino: veja como está sendo a repercussão sobre a saída do técnico Vadão 0 179

Futebol Feminino: veja como está sendo a repercussão sobre a saída do técnico Vadão 5

Na última segunda-feira, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou a saída do técnico Vadão do comando técnico da seleção. Algumas jogadoras comentaram sobre o assunto em evento realizado na FPF (Federação Paulista de Futebol), na última terça-feira.

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

– É uma decisão da CBF, a gente não tem muito o que dizer. Somos atletas. Tenho que dar o meu melhor independente de quem assuma. Cabe a CBF decidir quem eles vão colocar lá. Escolher é difícil. Não tenho como escolher com quem quero trabalhar. Tem que ser capacitado, competente, esteja informada em relação ao que acontece no país e faça o melhor possível – disse Cristiane, atacante do São Paulo e uma das referências do futebol feminino no Brasil.

– Eu acredito que, como atleta, não cabe a mim falar do Vadão ou da saída de quem quer que seja da comissão. Estamos lá para jogar. Independente de quem esteja, será bem-vindo. Não sei se eu permaneço, também. Espero ser chamada. Quero que quem entre faça o melhor, assim como nós – comentou Erika, jogadora do Corinthians.

Outro ponto que chamou atenção nas declarações de Erika, foi que ao ser perguntada sobre uma possível ida de Arthur Elias, seu treinador no Corinthians para a Seleção, ela expôs também sua posição sobre as treinadoras do ramo, as quais acredita que nenhuma está apta no momento a comandar o Brasil.

– No momento, não (sobre uma mulher assumir a seleção brasileira). São perguntas até surpresas. A gente precisa ter oportunidades de cursos, de buscar conhecimento. Aos poucos, estamos fazendo isso, tanto no jornalismo, futebol e vôlei. Estamos brigando por isso. Espero que os profissionais possam estar bem instruídas para servir a seleção brasileira. Queria ver as atletas assumindo cargos. Não posso falar mal do meu técnico (risos). É um profissional que não tenho que falar mal. Já trabalhei com ele no Centro Olímpico, gosto como dirige, da forma como se expõe para nós. Fico feliz, mas seria complicado sair do Corinthians. Estou com ele, aconteça o que acontecer.

Além da saída de Vadão, O coordenador do departamento Marco Aurélio Cunha também pode deixar seu cargo. Existe até a chance dele assumir outro cargo na CBF, o que será definido nos próximos dias.

Vadão, que esteve à frente do banco de reservas no período de 2014 e 2016 e depois de setembro de 2017 até seu atual desligamento, comandou a seleção brasileira feminina em 78 jogos, recorde, bem à frente do segundo colocado no quesito, Jorge Luiz Barcellos, que somou 51 partidas. Vale destacar que a primeira formação de uma seleção feminina foi em 1986.

“Vadão dirigiu a seleção nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, ficando em quarto lugar, e em duas edições de Copas do Mundo, no Canadá em 2015 e na França em 2019. Conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto em 2015, além de duas Copas Américas, em 2014 e 2018, sendo que esta última garantiu vaga ao Mundial da França e na Olimpíada de Tóquio-2020”, diz um trecho do comunicado oficial da CBF.

Fato é que depois da Copa do Mundo realizada na França, competição em que o Brasil foi eliminado nas oitavas de final para a anfitriã, o futebol feminino carrega a expectativa de dias melhores e maior reconhecimento. O Mundial teve grande presença de público nos estádios e, no Brasil, contou com transmissão da TV aberta e fechada, que passou todos jogos do torneio.

– Dessa vez, estou mais esperançosa. É um movimento diferente, uma projeção que não tem volta mais -, argumentaram Rosana e Francielly durante entrevista ao site de apostas Betway, duas jogadores medalhistas olímpicas que se aposentaram recentemente.

Ambas, primeiramente, anunciaram aposentadoria da seleção por conta da saída de Emily Souza, em 2017, que ficou apenas meses no cargo. Seu substituto foi justamente Vadão. Logo depois, as duas penduraram as chuteiras também por clubes.

Décimo Aniversário de Casamento de Gisele Bündchen e Tom Brady_ porque eles são #couplegoals 0 568

Décimo Aniversário de Casamento de Gisele Bündchen e Tom Brady_ porque eles são #couplegoals 6

No final de fevereiro deste ano, o casal Gisele Bündchen e Tom Brady comemoraram

>> Siga-nos no Google News e Concorra a um iPhone 10 – CLIQUE AQUI! e depois em SEGUIR⭐️

o Décimo Aniversário de Casamento deles. Nas suas redes sociais, Gisele se declarou para o marido com a seguinte frase: ‘Não há nada nesse mundo que eu ame mais que você’. Gisele ainda adicionou como esses 10 anos passaram rápido e foram incríveis. Ela quer: continuar crescendo juntos, caminhando lado a lado, apoiando e amando um ao outro por muitos e muito anos.

Já Tom respondeu com: “Obrigado por me amar, por me apoiar nos meus sonhos e por cuidar da nossa família de um jeito que só você sabe. Você é minha rocha, o meu amor e a minha luz. Eu amo você e a nossa família”. Abaixo listamos 5 motivos porque eles são #couplegoals:

Motivo 1: Eles tiveram duas festas de casamentos uma intimista e outra maior

Todo o casal apaixonado sonha com uma festa de casamento, mas alguns levam isso mais além, com duas festas. A primeira festa de casamento foi em 26 de fevereiro de 2009 em Santa Mônica na Califórnia apenas com os parentes mais recentes. Já a segunda festa de casamento foi em abril na Costa Rica, a qual foi a realização do sonho de Gisele.

Motivo 2: Tom ajudou a Gisele a superar o seu arrependimento de ter feito cirurgia plástica

Depois a que a Gisele publicou o seu livro, o mundo inteiro ficou sabendo sobre o seu arrependimento ao ter realizado cirurgia plástica, algo que milhares de celebridades tanto brasileiras como estrangeiras fazem diariamente abertamente. Tom foi um importante apoio para Gisele nesse momento.

Motivo 3: A relação deles pode parecer perfeita, mas eles estão sempre batalhando para manter o relacionamento saudável e forte

Com dois filhos para criarem e duas carreiras mega bem-sucedidas, Gisele e Tom tentam ao máximo manterem o relacionamento saudável e forte. Para Gisele não foi fácil encarar a maternidade, já que ela afirmou como ela se sentiu perdida. Ela sempre foi uma mulher independente e depois passou a ter duas vidas dependendo dela. Além disso, Tom teve várias vitórias, um total de 6 títulos nacionais na liga de futebol americano, mas algumas derrotas também.

Motivo 4: Os dois estão sempre fazendo coisas simples mesmo com grandes fortunas acumuladas

O casal é sempre visto fazendo coisas simples tal como: cozinhando na espaçosa cozinha da família em Boston, passeando nos parques da cidade, indo levar e buscar os filhos na escola, indo a dating nights entre outras atividades rotineiras e cotidianas.

Motivo 5: Poucas pessoas sabem mas Gisele perdoou uma traição de Tom logo no começo do relacionamento

Essa traição significou uma gravidez inesperada com Bridget Moynahan, a ex-namorada dele. A modelo pensou em terminar com ele e que foi muito difícil para ela. O primeiro filho de Tom nasceu e logo depois Gisele e Tom ficaram noivos. Hoje, as duas famílias convivem de forma feliz.

Ou seja, as pessoas acreditam tanto que Gisele e Tom é um casal a ser copiado devido à história de 10 anos de casamento e também da família e da história que eles construíram. É claro que eles tiveram problemas, mas juntos eles os resolvem.

Most Popular Topics

Editor Picks