Skip to content

Como funciona o “Paredão do Bem” no BBB19?

4 de março de 2019

Com dois participantes a menos do início do programa, o BBB19 precisou se reinventar para conseguir cumprir o cronograma dentro da Globo e inventou uma nova dinâmica para o público participar. A solução foi ter um “paredão do bem”.

A solução foi inventar uma nova dinâmica de jogo e oferecer uma imunidade “soberana” para o escolhido do público. Ou seja, a pessoa favorita escolhida para “deixar o programa” ganhará uma imunidade, e o líder da semana, estará automaticamente imune.

A vantagem desta imunidade é que o favorito ganhará imunidade até pelo menos, o dia 19 de março. Mas, afinal, você sabe como foi formado o paredão desta semana?

 

Entenda a formação do paredão

Antes da líder Paula revelar o seu voto, foi sorteada uma urna em que a pessoa deveria indicar ao paredão a pessoa ao seu lado – direita ou esquerda. Tereza acabou sendo a sorteada e indicou Rodrigo à berlinda da semana.

Logo após, Rodrigo que era o anjo da semana, precisava dar seu veredito. O carioca escolheu o jovem conterrâneo Danrley para imunizar durante a semana.

Sobrou então, para a Líder Paula, indicar ao paredão sua última opção, e acabou escolhendo Gabriela para estrear no “paredão do bem”, sem saber das consequências desta semana.

A casa acabou levando a votação ao empate entre Carol Peixinho e Tereza. Carol, como forma de defesa, votou em Tereza, enquanto a mais velha da casa, votou em Hariany e não pensou nas consequências. A líder Paula desempatou a votação e colocou Tereza pela terceira semana consecutiva na berlinda.

 

E você? Qual dos três brothers deseja que permaneça mais duas semanas na casa?